Buscando lugares altos

Buscando Lugares altos

“Mas aqueles que esperam no SENHOR renovaram as suas forças. Voam alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam.” 


IS 40:31
 
Hoje estou me sentindo em lugares altos, no centro da vontade de DEUS, pois eu não estaria aqui se não fosse a vontade Dele.

Amados, nessa semana fiquei a pensar, o que tenho buscado para a minha vida, o que tenho feito para mudar. Tenho me sentido muito parada, na minha, sem nenhuma expectativa. Fico semanas sem ver ninguém além do meu marido e filhos.O que eu tenho feito para alcançar meus objtivos, chegar a lugares altos. Senti na pele isso nesses dias que fiquei em casa, não é por estar doente não, se deixar fico assim dias e dias.

Senti um vazio muito grande e comecei a me analisar. Porque estou parada, não consigo me mover nem a meu favor.

Há exatamente quatro anos estou assim. Sei que tem pessoas aqui que já ouviram e outras que vivenciaram esses acontecimentos. Primeiro foi a morte de minha mãe, logo depois perdi meu bebe que estava com quatro meses de gestação, e depois perdi meu emprego. Isso dentro de dez meses, que foram os piores meses da minha vida, penso eu.

Essa semana quando me lembrei de tudo que passei, vi que DEUS nunca me deixou só, e que a escolha foi minha de ficar sozinha. E com essa escolha dava uma de coitada. Ninguém se importa comigo, com o que eu estou passando. E passando foi o tempo e eu na mesma, deprimida e só.

Senti-me como uma águia no ninho mais com asas amaradas, presas me impedindo uma renovação me impedindo de alçar vôos, ficava no ninho literalmente. Muitas vezes eu até quis sair dessa, busquei, o Senhor falou, mais nada mudou.
 Eu escolhi ficar no ninho. Sem expectativa, esperança. Muitas vezes até me levantei, tomei atitudes como: orar vim a igreja, contar para algumas pessoas o que estava acontecendo mais isso era só para arrumar o ninho e voltava para ele ficava lá paralisada. Mas amados hoje é O DIA de quebrar todas as amarras em nome de JESUS.

Em uma busca dessas com Deus. Ele me mostrou que eu não podia desistir se eu quisesse chegar a lugares altos. Uma vida de intimidade com Ele, Um casamento firmado na palavra do Senhor, de ser uma mulher virtuosa, ter uma vida profissional de sucesso. Coisas amados que sonhamos e desejamos para nossa vida. 
E viver eternamente ao lado do meu salvador. Que é um dos lugares mais altos que queremos chegar.
Vou contar algo que DEUS usou para falar comigo:

Eu estava na praia com minha família, e arriscamos uma aventura. Subir o Morro do Moreno, quem já foi lá sabe que não é fácil a escalada. Como também não é fácil caminhar na presença de Deus, são tantos desafios que pesamos em desistir, pois foi isso que me deu várias vezes quando estávamos subindo o MORRO. DEUS foi tão claro ali naquele lugar que até me deixar sozinha Ele me deixou. Luiz e os meninos foram na frente, e Patrick, Sandra e filhos ficaram para trás. Mais ali eu percebi, tinha tomado uma decisão. Subir o morro.
 Eu continuei a subir, pois queria ver como era lá em cima. Nada que aconteceu lá me fez desistir, minhas pernas tremiam sem resistência, eu suava bicas, o sol de verão na cuca, sem água pra beber. Mas mesmo assim continuava. Dava umas olhadas para trás, mas na memória vinha às fotos que já tinha visto de pessoas que tiveram lá em cima. E falava para mim mesmo é muito lindo lá, eu quero chegar lá, eu quero estar lá, eu quero viver esse momento.

Mais amados isso tudo naquele momento não fazia sentido para mim, pelo menos o sentido que DEUS queria. Hoje eu entendo que tudo aquilo que passei com aqueles acontecimentos é para honra e glória ao SENHOR. Ele queria me mostrar que aqui nada é eterno tudo é passageiro. E ele me mostrou ali naquela subida que dificuldades e obstáculos têm que ser enfrentados e vencidos para chegar ao nosso objetivo, ou em algum lugar.
E para isso temos que enfrentar todas as aflições desse mundo. Para chegarmos a lugares altos, primeiramente temos que confiar em DEUS que nunca nos deixa só, buscar, enfrentar as dificuldades. 
Pular montanhas que são problemas do nosso dia-dia, quebrar barreiras que surgem em nossa frente nos impedindo de prosseguir, sacudir a poeira de uma decepção, perdoar o irmão, tirar as magoas do coração. E seguir em frente rumo ou nosso objetivo. 
Que é ter uma vida de conquista e plena com DEUS.
Por. Marília Freitas.
Diaconisa 
Missão Ágape Rio Marinho.

 

Lugares altos


“Lugares altos”
"Deus proverá para si o cordeiro meu filho. Assim caminharam ambos juntos!

Gn 22:8


Deus cumpre as suas promessas.

Esta é uma verdade universal. Todos que conhecem a Deus atestam que isso é um fato; e contra fatos não há argumentos.

O termo “lugares altos” no contexto do AT é mencionado como lugar de adoração. Vemos vários personagens Bíblicos participando ou fazendo história nos “lugares altos”. Não é de se admirar que o Senhor falava aos grandes homens do passado nos “lugares altos”. Talvez o Senhor colocasse isso como uma exigência para tornar mais valoroso o momento do encontro. A Bíblia não nos dá substância para afirmar a razão do encontro nos montes, mas, uma coisa é certa, foi nesses momentos de encontro nos montes que surgiram todas diretrizes para a condução do povo Israel e a base para as leis de todas as constituições vigentes no planeta.

Os “lugares altos” representavam lugar de adoração, lugar de intimidade, lugar de acerto de contas com o Senhor, lugar de revelação, de aprendizado. Deus usava esses lugares para falar face a face com o homem.

Temos exemplos de sobra para consubstanciar o argumento de que, “lugares altos” é o lugar do encontro com Deus.

Noé adorou ao Senhor no monte Ararate (Gn 8:20); Abrão recebe ás promessas de Deus no alto do monte Moriá (Gn 12:8 - Gn 22: 8); é lá também que Jesus foi crucificado séculos depois (Lc 23: 33); assim foi com o profeta Elias ao desafiar os profetas de baal ao subirem no monte Carmelo (I Rs 18: 19); Davi em seus Salmos faz centenas de citações sobre o “Monte Santo do Senhor”. Salmos 2: 6, onde já se falava do momento da crucificação do Senhor, e outros: (Sl 24:3 – 99: 9 – 43: 3 – Jl 2: 1, e muito mais...).

Com o passar do tempo, o “subir” a lugares altos para falar com Deus foi perdendo sentido e caiu no esquecimento.

Trazendo para os nossos dias, para nossa realidade; temos feito a mesma coisa só que, de maneira diferente.

Vamos á aplicação:

  • Temos subido aos lugares altos para ouvir Deus falar?
Em outras palavras quero dizer que:

Temos tirado um tempo para nos relacionarmos com o Senhor através da oração, intimidade, litura da palavra, meditação, um mergulho em Seu Espírito?

  • Temos subido a montes específicos?
Ou seja, temos objetivos específicos diante Deus? Temos orado por alguém, para que esse alguém chegue ao conhecimento do amor do Senhor?
 
  • Temos feito como Abraão?
Subido ao monte da obediência?

Da decisão?

Da promessa?

Da provisão?

Cada passo que damos, cada decisão que tomamos, temos de estar convíctos que Deus esta nos orientando, nos direcionando.

Nossas decisões e ações têm de vir como frutos de um relacionamento com o Senhor, esse relacionamento só será possível se subirmos aos lugares altos de Deus. Seu trono é o lugar de onde é administrado todo o universo. Deus esta no controle absoluto de tudo.

Quando subimos em Seu Santo monte, entramos em sua presença, e Sua presença é algo fundamental para a vida.

Deus ao concluir em Jesus seu soberano plano de salvação, o concluiu no alto de um monte (Gólgota). Foi lá que o Senhor Jesus deu seu brado de vitória sobre o pecado, a morte e o inferno.

Estar em lugares altos sempre será o lugar onde nada nos atinge. É lá onde estaremos seguros, é de lá que virá nossa provisão.



 

Mergulhando nas águas do Espírito.

Mergulhando nas àguas do Espírito.
João 5 :1 – 14

        A primeira coisa que me chama a atenção neste texto é que a palavra de Deus nos diz que Jesus estava indo para uma festa. Ele não estava indo curar ninguém, porém Jesus no seu imenso amor, viu que ali estavam várias pessoas que precisavam de um milagre.

      O que eu quero dizer pra você meu irmão é que Jesus se importa com você e quando
você precisa dele ele para tudo! Para fazer seu milagre acontecer.

     A palavra nos diz que, quando as águas eram agitadas somente o primeiro que entrasse era curado. Deus nos mostra que para Ele agir na nossa vida, ele não olha as circunstâncias.

 Quando Jesus viu aquele homem deitado, algo lhe chamou a atenção.

      Irmãos a palavra nos diz que ali naquele poço havia uma multidão de enfermos e esse

homem não era o único, mas o quê chamou a atenção de Jesus é que havia 38 anos  quê esse

homem estava infermo e talvez esse homem já havia até se acomodado achando que para o

 seu caso já não havia mais solução.
  
 Era um homem que por causa da sua impossibilidade, talvez fosse amargurado e que

acabava afastando as pessoas de perto dele. Eu digo isso porque em Marcos 2 a Bíblia nos

conta a história de um outro paralítico que foi levado até Jesus por seus amigos pelo teto.

E esse homem estava sozinho, não tinha nenhum amigo para  leva-lo até o poço. Imagine    

você, que esse homem estava tão perto do seu milagre. Ele estava perto do poço mais não 

podia mergulhar naquelas águas e quandoJesus pergunta ele:"Queres ser curado?",ao invés de responder  sim eu quero ser curado, ele começa a sentir dó de si mesmo e começa a falar para Jesus das dificuldades que ele tinha pra chegar até no poço.
   
      Irmãos, muitas vezes nós agimos como esse homem. Jesus está nos perguntando: Você está disposto a ser restaurado?
   
        E nós, achando que é muito difícil de haver solução para o nosso caso, começamos a olhar para os obstáculos e acabamos deixando de olhar para a solução.

   O que Jesus queria com essa pergunta, era despertar novas esperanças naquele homem.

Irmãos o que Deus quer de mim e de você é que nós mergulhemos nas águas do Espírito, pois

são estas águas que vão nos purificar, que irão nos fazer fortes na hora da adversidade. A Bíblia nos conta que depois de receber a cura; quando perguntaram aquele homem quem o
havia curado, ele não sabia.
  
O que Deus quer de mim e de você, é que nós O conheçamos, Ele não quer fazer somente

o milagre na sua vida ele quer que você, viva experiências novas com Ele, que você tenha

intimidade com Ele, que você seja cheio do Seu Espírito, para que através da sua vida outras

pessoas possam conhecer a Jesus. Imagine você quantas pessoas nesse exato momento

estão vivendo ou passando pelas mesmas dificuldades que você? Elas estão como esse

paralítico, não tem quem as leve até o poço, e o que Deus quer de você essa noite, é que você

através do seu milagre,  possa ser quem vai ajudar essas pessoas chegarem até o poço

que é Jesus. Talvez você deve estar se perguntando: Mas como eu vou ser esta pessoa?  

Eu quero te dizer que Deus quer fazer o milagre na sua vida para que você possa testemunhar a outras pessoas que Jesus  curou, transformou e que existe solução para a
vida delas. O que eu quero dizer para os irmãos é que...
Olhem para esse comprimido (ilustração visual),a água está aqui, mas ele aqui do lado de fora não vai dar para trazer o alívio que você precisa! Assim éramos nós, quando não conhecíamos  a Jesus. Talves você não esteja assim; talvez você está como esse aqui... está dentro da igreja conhece a Jesus, mas não viveu nenhuma experiência com Ele, pois está revestido do seu "eu", "do seu modo de pensar" e não tem experimentado as maravilhas de Deus na sua vida.
Mas o que Deus quer de você, é que você seja como esse comprimido, que você mergulhe nas águas do Espírito de Deus ao ponto de não poder mais se separar. Você vai ficar tão cheio de Deus que vai ser impossível ficar parado. E aí você vai levar a cura através da sua vida para as outras pessoas . Você levará o alívio que elas precisam.
Eu te convido nessa noite a mergulhar nas águas do Espírito e viver novas experiências com Jesus.
Eu vou colocar um louvor e quero que você aí onde você está comece a orar e peça a Deus que faça um milagre na sua vida e que você possa viver experiências novas com o Senhor, para que sua vida seja completamente transformada por Ele.
    Não se preocupe com o irmão que está ao seu lado, esse é seu momento de intimidade com Deus.
   Não olhe para suas dificuldades  não permita que elas te impeçam de mergulhar nas águas de Deus e não saia daqui nessa noite sem receber aquilo que você veio buscar no senhor.
   Eu não sei o que é, mas o que importa é que você fale para Jesus e  ele vai transformar   a sua  vida nessa noite !


 Amém.
Regiane Giribola.
Diaconisa - IBA.
Missão Ágape Rio Marinho.
 

Você é do tamanho do seu sonho.




Você é do tamanho do seu sonho

"Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele".

Pv. 23: 7ª

O homem é o ser perfeito da criação.



A capacidade de raciocínio, de decisão, faz do homem o ser perfeito em relação ás demais criaturas existentes. Deus fez o homem tão perfeito, que o próprio homem encontra dificuldades para enteder sua perfeição. Parace um paradoxo! O homem perfeito não compreender sua perfeição, mas isso não é por acaso, aliás nada é por acaso, tudo tem uma razão para ser ou existir.

O homem é um ser livre; o que o aprisiona não é o que vem de fora para dentro, mas sim, o que vem de dentro para fora. Lembremos do povo Hebreu quando Deus os livrou das mãos de Faraó. Eles sairam do Egito, mas o Egito não havia saído de dentro deles, portanto foi preciso um grandioso processo pedagógico para mudar a forma de sonhar desse povo. O precesso de Deus leva tempo.

A liberdade de um homem esta no fato dele ter a consciência de que é livre. Sem esta consciência ele se torna um alvo fácil dos maus intencionados.
Todos temos condições de ter nossos sonhos realizados.

O sonho é materia prima na construção do futuro.

Onde estão os seus sonhos? 

Na gaveta da incapacidade, na gaveta da frustração, na gaveta do medo de tentar! Onde esta?

Por que parou de sonhar?

Por se achar incapaz ou por que os outros acham que você não é capaz? As circunstâncias o machucaram?

O que o esta impedindo de sonhar?

Apoio? Dinheiro? Confiança? Amigos?

Em Nm 14 vemos o quanto custou a mudança de mente (metanóia - metania) dos Hebreus. Não havia n’eles nada que os prejetasse ao futuro, nem uma prioridade, nem um foco, nenhum sonho... Eles estavam livres da servidão, mas não estavam livres em suas mentes.

Dentre o povo havia dois homens que sonhavam, que acraditavam que podiam, que conseguiriam, mesmo diante dos gigantes que encontraram. Josué e Calebe. Os outros dez espias ninguém sabe os nomes, mas Josué Calebe todos conhecemos.

Nós seremos lembrados pelo que acreditamos, pelo que somos capazes de sonhar. Os que não sonham jamais serão lembrados. Sonhe, sonhe...

O sonho não envelhece. Js 14: 1 a 11.

O sonho de Calebe ultrapassou décadas até se materialisar. Sonhos tem um tempo de gestação, de maturação até que venha a dar a luz.

O que importa para um sonhador não o seu momento inicial, e sim o final. Se ele começar mal, caminhar mal, mas se acreditar, conseguirá. Ele não se limita ás circunstâncias á sua volta; não se prende ao tempo ou ao espaço, não se importa com os maldizentes e faldores; ele segue em direção ao seu sonho. Foi exatamente isso que Calebe fez, foi isso que Josué fez, foi isso que o Senhor Jesus fez...

Não existe um medidor de sonhos, um “sonhometro”, para que um sonho possa ser avalido por sua importância ou tamanho, mas uma coisa é certa, todo sonho tem o seu preço e o seu tempo de concretização.

Comece por abrir as “gavetas” onde estão os seus sonhos. Sopre a poeira que se acumuou com o passar dos dias e volte a sonhar, volte a acreditar que você não esta só; se você chegou onde chegou é porque você é especial. Alguém sonhou com você, por isso você existe.

Os sonhos materiais  são legítimos diande Deus, Ele quer o melhor para os seus, mas eles não devem ocupar ou consumir todas as suas forças. Existe algo acima das “estrelas” para nós.

Quem sabe você tem sonhado a dispeito de coisas para a realização pessoal e tem esquecido, por exemplo, de orar.

A oração tem de ser uma absessão para nós os filhos, esquecer de orar é mesmo que caminhar sozinho por um desero escuro e tempestuoso. 

Nem sempre estaremos bem, ou sonhando e sorrindo o tempo todo. Nosso homem exterior pode até enganar pessoas a nossa volta, mas nosso homem interior saberá medir a dimenssão do nosso estado emocional. O prefeta Elias passou por momentos de depressão profunda a ponto de pedir a Deus o resgate de sua alma aos céus. I Reis 19.

Deus entrou em ação  perguntando a Elias: “O que fazes aqui?” Todos nós temos nossos momentos de “caverna” na vida, sucumbir a eles porém, só revelará a nossa imcapcidade de sonhar.

A nossa capacidade de sonhar nos tornará homens e mulheres estratégicos nas mãos de Deus. Ele não mexe na persona do homem, mas sim no caráter. Quando o homem tem uma personalidade indomável, guerreira, de ânimo dobre, mesmo que seu caráter seja ruim, Ele trata e usa. Assim aconteu com Paulo e Pedro.

Deus tem planos a nosso respeito. Ele quer nos elevar, nos promover, nos dar o melhor. 

Acreite, o primeiro passo tem der ser nosso. Ao comessar a caminhar em direção ao sonho de Deus, Ele começará a caminhar em direção ao nosso.

Pr. Marcos Couto.
 

Relacionamentos

Tira a minha alma da prisão, para que louve o teu nome; os justos me rodearão, pois me fizeste bem”.


Sl. 142: 7

A gratidão é a memória da alma.

Sou grato ao Senhor por ter me acolhido como seu filho, mesmo depois de tudo que fiz, Ele me recebeu de braços abertos.

Eu estou desejoso de ver o mover de Deus em minha vida todos os dias. Estou motivado pelo Espírito de Deus a continuar buscando dia a dia por Sua presença para a minha vida seja transformada de fé em fé. O diabo, eu sei, esta cada vez investindo sobre nós com suas táticas sujas e desonestas no intuito de nos desmotivar, nos esfriar; mas ele está vencido e aniquilado pelo poder que há no nome de Jesus.

"Se envelhecer na terra a sua raiz, e o seu tronco morrer no pó,

Ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como uma planta".

Jó 14: 8/9.

A estrutura emocional do ser humano é um misto de emoções. São elas que formam as colunas do nosso carater. Quanto mais cedo essas estruturas forem alicerssadas sobre fundamentos e princípios de bem, mais preparada será o homem/mulher para suportar as pressões da vida. Essa estrutura uma vez firmada dificilmente será possível mudá-la, exceto por uma intervenção e decisão do próprio querer do homem, do próprio homem.

Desde o ventre já registramos algum tipo de emoção. Um feto que é desejado, que recebe palavra de carinho e afeto, que é amado, terá com certeza mais condições de liderar, de assumimir maiores responsabilidades, sempre será pronto a amar e tardio em irár-se. Isso é possível graça á memória.

A memória tem um poder de captação muito impressionante. Todo o nosso corpo é composto de pontos de captação.

O que ouvimos guardamos, o cheiro que sentimos guardamos, um toque na pele guardamos, um olhar guardamos, em fim, todo nosso corpo é previamente preparado para formatar e arquivar todas as informações possíveis para a construção do ser. Quanto maior for emoção em decorencia da situação vivida, maior será o espaço e mais forte o registro da informação.

Por exemplo:

Por que não esquecemos o primeiro beijo? O primerio amor? As perdas (luto)? Por que são emoções tão fortes que em alguns casos se tornam em *traumas ou fobias.

Somos como um grande edifício. Se nossas estruturas forem bem consolidadas, maior será o peso que suportaremos. Não estou me referindo de “pesos” como sendo algo ruim que tenhamos que suportar, mas das condições emocionais que teremos a capacidade de administrar diante de qualquer situação.

É muito comum para quem vive em ambientes onde se convive a maior parte do tempo com muitas pessoas, haverem conflitos. Sempre haverá aqueles que se ofendem com mais facilidades que outros; há porém aqueles que não se importam com que os outros falam.

Buscar um equilibrio na vida emocional/sentimental é algo que depende da força de vontade de cada um. Querer estar sempre bem e buscar harmonia em ambientes onde exitem pessoas com vários tipos de educação, dependerá de muito talento. O Apóstolo Paulo sempre buscou usar esta dinâmica, veja o que ele diz em Rm 12:18: “Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens."

Quem deseja colher paz, tem de planta-la ao longo de sua vida. Por onde quer que passar, por onde quer que for, plante a paz.

Manter comunhão o tempo todo dentro do corpo de Cristo mais do que uma obrigação é uma necessidade dos irmãos. A igreja no que tange a corpo de Cristo é perfeita. Sua unidade é falha por que o homem que a compõe é falho. Mas isso não nos impede de querer buscar a perfeita unidade em Cristo, foi, também com esse objetivo que Ele se entregou na cruz.

A igreja é um milagre. Só Cristo mesmo para unir pessoas de pensamentos diferentes, com educação diferente, personalidades diferente sob um mesmo “teto” sem que lhes fossem cobrado algo em troca. Deus tem planos de amor para sua Igreja por amor a Cristo.

A comunhão gera unidade. A unidade gera qualidade; a qualidade gera quantidade.

Esse é um processo progressivo.

Problemas comuns capazes de minar a unidade da Igreja.

a) – Falta de compreenção das necessidades do outro. João 17: 22

Todos nós temos nossas necessidades. Uns mais outros menos, mas todos temos. Não difícil de encontrar no seio da Igreja pessoas com necessidades de carinho, afeto, um abraço mais forte, em fim, essa necessidades uma vez curada todas as otras coisas relacionadas á unidade começam a funcionar em um ritmo harmônico. A compreenção da necessidade do outro é como uma graxa nova sobre uma engrenagem enferrujada, lubrifica e tráz um novo movimento.

b) - Fofoca. Efésios 5: 19

Tiago irmão do Senhor Jesus diz que a língua poder destrutivo de proporções cósmicas. [Cap 3 ] Ela é causa de muitas mortes espirituais e a falência da unidade. Não precisamos falar tudo o que pensamos, mas precisamos pensar n’aquilo que vamos falar. É sábio e inteligente pensar para falar. Paulo nos ensina um príncipio para o bom andamento da uniade com qualidade em Éfesios 5: 19. Que tal praticá-los?



A cura para os ralacionamentos esta na aceitação da debilidade do outro.

Não somos perfeitos, isso todos sabemos; esse reconhecimento jamais nos colocará na posição de Juiz para julgar a condição do outro e sim a nossa própria condição. Quando amadurecemos no Senhor e colocamos esse princípio em pratica a realização do sonho de Deus esta em operação, garantindo o cumprimento daquilo que o Senhor planejou para o seu povo.



É plenamente possível viver a unidade segundo João 17, caso contrário não estaria escrito. O que esta faltando então? Esta faltando uma pré-disposição em cumprir o “amai-vos uns aos outros como eu vos amei” conforme nos ensinou o Senhor.

"Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis".

João 13: 34.
 

Vencendo as tempestades da vida.

"E sentiram um grande temor, e diziam uns aos outros: Mas quem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?"

Marcos 4: 41

As tempestades vêm e vão.

Em toda a nossa existência enfrentamos tempestades. Não enfrentá-las ou não aceitá-las seria o mesmo que negar um ensinamento de nossos pais. Elas existem para nos ensinar e nunca para nos trazer sofrimento. Tudo dependerá de como analisamos a forma como sairemos dela. Ter o olhar fixo no resultado final é uma boa maneira de vencer as tempestades, mas não é a principal.

Nossa natureza tende a culpar alguém, ou alguma situação pelo o que estamos passando. Para alguns, o dedo fica sempre apontado em riste em direção a Deus como o maior culpado, tal qual fez Adão no início.

Os tempos de tempestades são tempos de promoção.

"Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação". Tiago 1:17 .

Aquilo que nós não entendemos, dificilmente nos beneficiará. Deus sempre nos dará doses homeopáticas para que morramos de overdose. " Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar". 1 Coríntios 10:13. Sempre fazemos em nossa mente a conexão sobre este texto com coisas ruins, mas estamos enganados, pois acreditamos apenas em situações difíceis; mas coisas boas também. Nem todo mundo esta pronto para receber coisas boas, a essas boas, se não estivermos prontos para receber também serão ruis.

Não podemos nos esquecer amados, que Deus não usa o diabo para nada. Ele não tem serventia alguma. Deus não usa aquilo que não presta, que não tem valor. Já ouvi por muitas vezes de muitos irmãos que estão sendo retalhados pelo diabo, ou que estão sofrendo perseguição, por que Deus permitiu que o diabo os provasem. Queridos não pensem assim por favor! Deus jamais usará o diabo para fins educativos ou pedagógicos. Pensar assim seria o mesmo que pedir a um marginal que desse uma surra em seu filho com fins educativos ou displinares. Isso é insano! Não há a menor possibilidade de Deus usar o diabo para nos disciplinar. Se estamos passando por uma tempestade é por que nós mesmo abrimos algum prescedente, e quando este prescedente é aberto, então Deus começa a agir com Sua fidelidade, cuidado e amor, pois Ele sim corrige ao filho a quem ama e açoita a todo filho que recebe. Hb 12: 6.

É muito fácil culpar ao diabo pelas nossas falhas e falta de vergonha na cara pelas atitudes erradas que tomamos. “Não veio sobre vós tentação, senão humana...”

Nós somos (seres humanos), somos a coroa da criação de Deus. O maior desejo do diabo e ser igual a nós, mas ele não pode. Em Is 14: 13 nos dá uma idéia sobre quem somos no preojeto de Deus. Lucifer, ainda como Querubim ungido, não desejou ser igual a Deus o Deus todo poderoso, ele quis ser igual a Deus em sua escência como nós temos e somos. Lucifer sabia que ser igual ao Deus poderoso, criador seria impossivél, ele desejava ser igual ao homem a quem Deus cuidadosamente planejou e desejou. Esse amor de Deus pelo homem causou uma ruptura eterna na comunhão entre Lucifer e Deus. Então o Senhor o baniu do céus e o lançou exatemente do habitat que estava sendo preparado para a mais bela e perfeita obra de toda criação, o homem. E como castigo por todas os séculos da existência do homem, Lucifer, agora diabo, teria de encarar todos os dias da sua vida avpresença do homem a quem ele tanto odiava e tentava ser igual. Ez 28: 1 a 19. O texto é claro sobre isso. “Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti; em grande espanto te tornaste, e nunca mais subsistirá”. [v.19]. Na verdade meus amados, não somos nós quem devemos temer ao diabo; é ele deve se preocupar conosco!

Deus tem um projeto glorioso para todos aqueles que o receberam como Senhor e Salvador, que tornar-nos semelhantes a Jesus. Quando andamos, respiramos e vivemos essa verdade, o diabo amarela diante de nós.

Não tempestade que não consigamos vencer. Em Jesus, temos plena condição de fazer parar qualquer tipo de dificuldade que venha se abater sobre nós. Basta sabermos de sua origem. Se vier do trono é benção; se vier por brecha aeberta pela minha falha espeiritual, pelo meu confessar, terei autoriade tal qual Jesus teve sobre o vento e o mar.

No reino de Deus não há erros. Deus trabalha com margem de erro "0" (zero). Por isso posso afirmar com toda convicção que nenhuma de nossas aflições ocorrem por engano. Mesmo que as tempestades que enfrentamos seja resultado de nossas escolhas erradas, ainda assim o favor de Deus entrará em ação e transformará aquilo que seria danoso para nossas vidas, como resposta ás nossas ações, em ensinos para o nosso crescimento. Que tremendo!                                                       

Deus tem sempre o melhor para nós. “E a paciência a experiência, e a experiência a esperança.” Rm 5: 4

Seja qual for a experiência que você estiver passando, ela te promoverá a lugares mais altos.



No amor do Senhor.



Pr. Marcos Couto.
 

Deus pode mudar o quadro.


Deus pode mudar o quadro.


Texto:

"E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são?".

João 5:6


O pecado é a total independência de Deus.


A natureza humana esta cada vez mais manifesta. Ela é caída e como resultado, seus frutos estão sendo mainifestos. Cada ação do homem “natural” tem como consequência o pecado, ainda que esta ação esteja carregada de boas intenções, ela conceberá ao longo do tempo algum fruto indesejado aos olhos de Deus. A natureza humana é má. Jesus disse: "Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons". [Mt 7:18]. Se a natureza humana é má, logo seus frutos são maus. Não pense que estou sendo radical demais, pois não estou! Ao falar sobre esse assunto precisamos entender um pouco sobre as duas naturezas; a humana e a Espiritual. Se eu basear meu argumento somente sobre a natureza humana, serei infeliz, colherei muitos frutos de inimizade e as idéias colocadas serão de pronto reprovadas por todos os que vierem a lê-las.

 A natureza humana.

A natureza humana é a natureza caida, Adâmica. "Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram". [Rm 5:12]. Esta natureza perversa, corrompida esta totalmente separada de Deus. [Rm 3:23]. Esta separação se deu momento em que o homem começou, preste a atenção nisso, começou a se sentir independênte de Deus. O apóstolo Paulo em sua carta aos irmãos da Igreja em Roma fala sobre isso de um forma brilhante. Leia! O pecado gera no homem a independência de Deus, e essa independência aflora os institos mais animalescos e primitivos da natureza humana. Por isso o homem natural não pode discernir sobre coisas espirituais e nem tão pouco produzir frutos bons. "Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente". [I Cor 2:14].



 A natureza Espiritual.

 
A natureza Espiritual tem sua fonte em Jesus Cristo. "Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida". [Rm 5:18]. "Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem". [I Cor 15:21]. Essa nova natureza não é congênita, ela acontece no extado momento em que o homem reconhece o senhorio de Jesus sobre o pecado que reina em sua vida. Pois o que escravisa o homem não é o diabo e sim o pecado; o diabo é só um aproveitador dessa debilidade do homem. Acompanhe o texto.

"Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.

Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?

Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.

O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito”. [João 3:3 a 6].

No momento que o homem reconhece o senhorio de Jesus, a naturaza humana passa por um processo de metamorfose; a velha natureza nunca deixará de existir, ela apenas terá ser domada por uma ação conjunta do homem natural sujeito ao Espírito que recebeu da cruz para que as velhas da carne não mais sejam manifestas. O novo homem é fruto do sacrifício vicário de Cristo, é n’Ele que nascemos de novo e recebemos o Espírito que O vivificou dos mortes e nos deu vida, nova vida em Cristo.

Aquele homem que estava a trinta e oito anos esperando por uma oportunidade de mudança em sua vida, esperava que alguém o ajudasse a levá-lo, ou conduzí-lo até a fonte de onde aconteceria o milagre. Com certeza aquele homem tinha muita fé, pois se assim não fosse os olhos de Jesus não teriam se voltados para ele. Ele tinha fé, mas estava limitado por uma força externa que o limitava, mas ele tinha fé que as circunstância de sua vida poriam mudar se ele conseguisse chegar tempo ao tanque de Betesda (casa de misericórdia).

Uma coisa é certa amados, quando Jesus entra em nossas vidas, o quadro muda, isso é fato!

O paralítico não era apenas um paralítico fisicamente, ele era um paralítico espiritual. Sua crença ser curado pelo ovimento das águas, o aprisionou naquele lugar por um longo tempo. Ele estava tão limitado ás circunstâncias que o cercava, que mesmo estando na presença de Jesus que lhe faz a seguinte pergunta: “Queres ficar são?”. Ele poderia dizer de pronto: “Senhor podes me curar!”, mas não isso que resposndeu, veja o texto; sua esperança estava na possibilidade de entrar no poço ajudado por alguém enquanto as águas se moviam. Jesus ficou indignado com a prisão emocional em que aquele homem estava, mas mesmo assim, Jesus procura demonstrar não somente áquele homem mas para todos aqueles que estavam ali aguardando o mover das águas de Betesda (casa de misericória) sem entender que a própria Misericórdia era quem queria se manifestar na vida dele n’aquele momento.

As vezes agimos da mesma maneira com o Senhor, temos um problema e buscamos nas fontes erradas a resolução que esta bem diante de nós. Jesus! [Sl 87:7].

Jesus quer nos ensinar a depender dele todo o tempo, a respeito de tudo, a momento. Ele quer mudar o quadro das nossas vidas, Ele transformar a maldição em benção, Ele quer transformar a derrota em vitória; o problema é que estamos esperando a benção na fonte errada.

A fé é o instrumento de Deus para a realização de seus propósitos em nós. "Sem fé é impossível agradar a Deus". [Hb 11:6].

→Deus pode mudar o quadro da sua vida.

 Deus pode transformar a pobreza em riqueza. [Pr 22:4].

 Deus pode mudar a doença para cura. [Lc 7:21].

 Deus pode mudar a tristeza para alegria. [Jr 31:13].

 Deus pode mudar a sorte... [Pr 16:33].

 Para Deus tudo é possível. [Lc 1:37].

Ao descobrir que aquele que o curara era Jesus, aquele homem passou a ser uma testemunha viva do poder e da autoridade de Jesus.

Aquilo eram trinta e oito anos de inércia, mudou para momentos de alegria e regozijo; oque era trinta e oto anos de maldição, passou para uam vida benção; aquilo que era uma vida sem vida passou ser uma vida rendida aos pés de Jesus.

Você deseja ter o quadro da sua vida mudada neste dia, então busque a fonte certa!

A total depedência de Deus elimina de sua vida o pecado.

Dependa somente do Senhor.

Tenha n’Ele a razão do seu viver.

Tenha n’Ele a fonte de suas resposta.

 
Pr. Marcos Couto.
 

Cuidando da semente

Cuidando da semente.

Também edificou torres no deserto, e cavou muitos poços, porque tinha muito gado, tanto nos vales como nas campinas; tinha lavradores, e vinhateiros, nos montes e nos campos férteis; porque era amigo da agricultura”.

II Cr 26: 10

Muitos textos bíblicos falam sobre a terra e o cuidado que o lavrador tem com ela. Até mesmo o próprio Deus tem todo um cuidado especial com a terra. [Lv 25: 13 – 27: 21- Nm 36: 4]. Esta exposição é evidente devido ao fato de n’aquela época o cultivo da terra ser a maior das fontes de renda. Muitos dos homens de Deus eram homens do campo, homens da terra. Eles sabiam como cuidar da terra; conheciam as estações certas para o cultivo de cada tipo de plantação. É por essa e outras situações que o Senhor Deus sempre em suas promessas menciona a chuva serôdia e a temporã [Tg 5: 7 – Joel 2: 23 – Dt 11: 14 – Zc 10: 1].Elas são em primeira instância como bençãos extras sobre aqueles que estão debaixo da promessa. Deus, em sua infinita sabedoria, dividiu o tempo em estações para que o homem pudesse se programar com suas plantações. A chuva descia do céu no tempo certo. Isso é tão verdade que até tempos atrás cada estação tinha o tipo certo de semente a ser plantada devido ao tempo das “chuvas”.

Todo homem do campo sabe que toda semente passa por um processo até que chegue ao tempo de dar o seu fruto. Esses estágios são necessários para que o fruto seja sadio e capaz de reproduzir. [Tg 5: 7].

Nossa mensagem de hoje tem por objetivo mostrar que a “demora” do fruto não pode ser adiantada ou atrasada simplesmente por que “eu” quero ver o resultado o mais rápido possível. O tempo não é determidado por nós, mas ele foi designado pelo próprio Deus com um propósito específico e nem eu nem você poderemos mudar isso.

Notemos pois os estágios da semente e comparemos com nossas vidas. Seremos surpreendidos por Deus ao vermos ás semelhanças e o quanto podemos aprender com esse processo criado pelo PRÓPRIO Deus.

Oque uma semente precisa para dar frutos?

1. Ela precisa morrer. João 12: 24

Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto”.

Toda semente precisa morrer para que dê frutos. Se for plantada verde irá morrer, se for plantada fora de época poderá não colheita desejada.

Uma semente fora comum produzirá uma colheita fora do comum”.

2. Ela precisa de uma terra que dê condições favoráveis para o seu crescimento. João 5:39.

Examinai pois as escrituras, pois vós cuidais ter nelas a vida eterna”.

A boa terra mencionada na palavra é o coração (alma) do homem. Lugar onde estão armazenadas todas as mais profundas mazelas, traumas, lembranças boas. Esta “terra” tem de ser preparada aos poucos (evangelismo pessoal), para quando a semente (palavra de Deus) for lançada, ela seja bem recebida. Você tem preparado a terra para que seja lançado a semente?

O conhecimento da Palavra de Deus, através da leitura diária, E.B.D, estudos, lhe darão condições de ser um agricultor/pregador e um preparador de terras para receberem a semente. Examine, ou seja, busque com diligência, com esmero, de maneira minuciosa oque Deus quer te dizer a dispeito daqueilo que esta por detrás das letras que você esta lendo. Busque n’Ele a revelação para sua vida.

3. Precisa ser regada e cuidada. I Cor 3: 6

Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento”.

Regar quer dizer cuidar, dar carinho, zelar, alimentar, proporcionar segurança. A semente ao brotar precisa de todos cuidados de um recem nascido, não diferente, ela precisará das doses certas para possa ter um crescimento homogêneo, crescendo tanto para cima e lados quanto para baixo, fincando suas raizes cada vez mais fundo para que consiga suportar os ventos contrários durante seu maturamento.

4. A poda. Hb 12: 11 – II Tm 3: 16

E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela”.

Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça”.

É da natureza do ser humano não aceitar a correção, entretanto a correção faz parte do tratamento de carater. Ninguém terá um bom carater se nele não inserido valores que sã porcedentes da correção (poda). Sem correção a criança não destinguirá o certo do errado, o santo do profano, a vida com Deus e a vida secular. A poda é excêncial para a boa qualidade dos frutos.

Todas essas condições são necessárias para que uma semente crescça e de frutos de forma a que todas sejam alimentados. O rei Uzias estava seguindo o caminho enquanto estava se permitindo ser cuidado pelo Senhor, até que chegou o momento da poda. Ele começou a enriquecer, conquistou poder e fama e isto lhe subiiu a cabeça ao ponto de se achar suficientemente capaz de entrar onde só era permitidos aos sacerdotes.



A poda foi tão singular que, imediatamente a repreenção por parte dos sacerdotes foi recebida nos céus, e a reação de Deus foi imediata. O rei Uzias foi tomado de lepra imediatamente e assim morreu. (II Cr 26: 21).

Podemor tirar proveito para o nosso crescimento diante do que lemos a respeito do Rei Uzias. Se ele continuasse a andar na presença do senhor com antes, ao ser podado, a história teria sido outra. Ele inha uma escolha, e escolheu a pior parte. Não aceitou a correção do Senhor.



Cuide d’aquilo que o Senhor te deu. Aporveite as oportunidades que chegam ás suas mãos e faça conforme as tuas forças. A semente esta em suas mãos; faça com que elas produza a 100 por 1, 60 por 1, 30 por 1. A matemática de Deus tem proporções cosmicas. Depois das bençãos que já nos dadas por promessas, temos as temporãs e as serôdias.

Não importa o grau de dificuldade que você esteja passando. Pode ser que muitos estejam querendo roubar a sua semente, estajam dizendo que ela não irá crescer, que não dará frutos, que ela não será capaz de produzir; seus “inimigos’ desejam sua falência, não desista! Deus tem vitória, Deus tem frutos para você. Seu destino é vencer! E sse é o maior temor do inferno; a sua vitória sobre si mesmo.

Lembre-se, não faça como o Rei Uzias que não cuidou d’aquilo que o Senhor lhe confiou.

Cuide da semente que Deus cuidará de você.

 

Pr. Marcos Couto.
 

Buscando lugares altos

Buscando Lugares altos

“Mas aqueles que esperam no SENHOR renovaram as suas forças. Voam alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam.” 


IS 40:31
 
Hoje estou me sentindo em lugares altos, no centro da vontade de DEUS, pois eu não estaria aqui se não fosse a vontade Dele.

Amados, nessa semana fiquei a pensar, o que tenho buscado para a minha vida, o que tenho feito para mudar. Tenho me sentido muito parada, na minha, sem nenhuma expectativa. Fico semanas sem ver ninguém além do meu marido e filhos.O que eu tenho feito para alcançar meus objtivos, chegar a lugares altos. Senti na pele isso nesses dias que fiquei em casa, não é por estar doente não, se deixar fico assim dias e dias.

Senti um vazio muito grande e comecei a me analisar. Porque estou parada, não consigo me mover nem a meu favor.

Há exatamente quatro anos estou assim. Sei que tem pessoas aqui que já ouviram e outras que vivenciaram esses acontecimentos. Primeiro foi a morte de minha mãe, logo depois perdi meu bebe que estava com quatro meses de gestação, e depois perdi meu emprego. Isso dentro de dez meses, que foram os piores meses da minha vida, penso eu.

Essa semana quando me lembrei de tudo que passei, vi que DEUS nunca me deixou só, e que a escolha foi minha de ficar sozinha. E com essa escolha dava uma de coitada. Ninguém se importa comigo, com o que eu estou passando. E passando foi o tempo e eu na mesma, deprimida e só.

Senti-me como uma águia no ninho mais com asas amaradas, presas me impedindo uma renovação me impedindo de alçar vôos, ficava no ninho literalmente. Muitas vezes eu até quis sair dessa, busquei, o Senhor falou, mais nada mudou.
 Eu escolhi ficar no ninho. Sem expectativa, esperança. Muitas vezes até me levantei, tomei atitudes como: orar vim a igreja, contar para algumas pessoas o que estava acontecendo mais isso era só para arrumar o ninho e voltava para ele ficava lá paralisada. Mas amados hoje é O DIA de quebrar todas as amarras em nome de JESUS.

Em uma busca dessas com Deus. Ele me mostrou que eu não podia desistir se eu quisesse chegar a lugares altos. Uma vida de intimidade com Ele, Um casamento firmado na palavra do Senhor, de ser uma mulher virtuosa, ter uma vida profissional de sucesso. Coisas amados que sonhamos e desejamos para nossa vida. 
E viver eternamente ao lado do meu salvador. Que é um dos lugares mais altos que queremos chegar.
Vou contar algo que DEUS usou para falar comigo:

Eu estava na praia com minha família, e arriscamos uma aventura. Subir o Morro do Moreno, quem já foi lá sabe que não é fácil a escalada. Como também não é fácil caminhar na presença de Deus, são tantos desafios que pesamos em desistir, pois foi isso que me deu várias vezes quando estávamos subindo o MORRO. DEUS foi tão claro ali naquele lugar que até me deixar sozinha Ele me deixou. Luiz e os meninos foram na frente, e Patrick, Sandra e filhos ficaram para trás. Mais ali eu percebi, tinha tomado uma decisão. Subir o morro.
 Eu continuei a subir, pois queria ver como era lá em cima. Nada que aconteceu lá me fez desistir, minhas pernas tremiam sem resistência, eu suava bicas, o sol de verão na cuca, sem água pra beber. Mas mesmo assim continuava. Dava umas olhadas para trás, mas na memória vinha às fotos que já tinha visto de pessoas que tiveram lá em cima. E falava para mim mesmo é muito lindo lá, eu quero chegar lá, eu quero estar lá, eu quero viver esse momento.

Mais amados isso tudo naquele momento não fazia sentido para mim, pelo menos o sentido que DEUS queria. Hoje eu entendo que tudo aquilo que passei com aqueles acontecimentos é para honra e glória ao SENHOR. Ele queria me mostrar que aqui nada é eterno tudo é passageiro. E ele me mostrou ali naquela subida que dificuldades e obstáculos têm que ser enfrentados e vencidos para chegar ao nosso objetivo, ou em algum lugar.
E para isso temos que enfrentar todas as aflições desse mundo. Para chegarmos a lugares altos, primeiramente temos que confiar em DEUS que nunca nos deixa só, buscar, enfrentar as dificuldades. 
Pular montanhas que são problemas do nosso dia-dia, quebrar barreiras que surgem em nossa frente nos impedindo de prosseguir, sacudir a poeira de uma decepção, perdoar o irmão, tirar as magoas do coração. E seguir em frente rumo ou nosso objetivo. 
Que é ter uma vida de conquista e plena com DEUS.
Por. Marília Freitas.
Diaconisa 
Missão Ágape Rio Marinho.

Lugares altos


“Lugares altos”
"Deus proverá para si o cordeiro meu filho. Assim caminharam ambos juntos!

Gn 22:8


Deus cumpre as suas promessas.

Esta é uma verdade universal. Todos que conhecem a Deus atestam que isso é um fato; e contra fatos não há argumentos.

O termo “lugares altos” no contexto do AT é mencionado como lugar de adoração. Vemos vários personagens Bíblicos participando ou fazendo história nos “lugares altos”. Não é de se admirar que o Senhor falava aos grandes homens do passado nos “lugares altos”. Talvez o Senhor colocasse isso como uma exigência para tornar mais valoroso o momento do encontro. A Bíblia não nos dá substância para afirmar a razão do encontro nos montes, mas, uma coisa é certa, foi nesses momentos de encontro nos montes que surgiram todas diretrizes para a condução do povo Israel e a base para as leis de todas as constituições vigentes no planeta.

Os “lugares altos” representavam lugar de adoração, lugar de intimidade, lugar de acerto de contas com o Senhor, lugar de revelação, de aprendizado. Deus usava esses lugares para falar face a face com o homem.

Temos exemplos de sobra para consubstanciar o argumento de que, “lugares altos” é o lugar do encontro com Deus.

Noé adorou ao Senhor no monte Ararate (Gn 8:20); Abrão recebe ás promessas de Deus no alto do monte Moriá (Gn 12:8 - Gn 22: 8); é lá também que Jesus foi crucificado séculos depois (Lc 23: 33); assim foi com o profeta Elias ao desafiar os profetas de baal ao subirem no monte Carmelo (I Rs 18: 19); Davi em seus Salmos faz centenas de citações sobre o “Monte Santo do Senhor”. Salmos 2: 6, onde já se falava do momento da crucificação do Senhor, e outros: (Sl 24:3 – 99: 9 – 43: 3 – Jl 2: 1, e muito mais...).

Com o passar do tempo, o “subir” a lugares altos para falar com Deus foi perdendo sentido e caiu no esquecimento.

Trazendo para os nossos dias, para nossa realidade; temos feito a mesma coisa só que, de maneira diferente.

Vamos á aplicação:

  • Temos subido aos lugares altos para ouvir Deus falar?
Em outras palavras quero dizer que:

Temos tirado um tempo para nos relacionarmos com o Senhor através da oração, intimidade, litura da palavra, meditação, um mergulho em Seu Espírito?

  • Temos subido a montes específicos?
Ou seja, temos objetivos específicos diante Deus? Temos orado por alguém, para que esse alguém chegue ao conhecimento do amor do Senhor?
 
  • Temos feito como Abraão?
Subido ao monte da obediência?

Da decisão?

Da promessa?

Da provisão?

Cada passo que damos, cada decisão que tomamos, temos de estar convíctos que Deus esta nos orientando, nos direcionando.

Nossas decisões e ações têm de vir como frutos de um relacionamento com o Senhor, esse relacionamento só será possível se subirmos aos lugares altos de Deus. Seu trono é o lugar de onde é administrado todo o universo. Deus esta no controle absoluto de tudo.

Quando subimos em Seu Santo monte, entramos em sua presença, e Sua presença é algo fundamental para a vida.

Deus ao concluir em Jesus seu soberano plano de salvação, o concluiu no alto de um monte (Gólgota). Foi lá que o Senhor Jesus deu seu brado de vitória sobre o pecado, a morte e o inferno.

Estar em lugares altos sempre será o lugar onde nada nos atinge. É lá onde estaremos seguros, é de lá que virá nossa provisão.



Mergulhando nas águas do Espírito.

Mergulhando nas àguas do Espírito.
João 5 :1 – 14

        A primeira coisa que me chama a atenção neste texto é que a palavra de Deus nos diz que Jesus estava indo para uma festa. Ele não estava indo curar ninguém, porém Jesus no seu imenso amor, viu que ali estavam várias pessoas que precisavam de um milagre.

      O que eu quero dizer pra você meu irmão é que Jesus se importa com você e quando
você precisa dele ele para tudo! Para fazer seu milagre acontecer.

     A palavra nos diz que, quando as águas eram agitadas somente o primeiro que entrasse era curado. Deus nos mostra que para Ele agir na nossa vida, ele não olha as circunstâncias.

 Quando Jesus viu aquele homem deitado, algo lhe chamou a atenção.

      Irmãos a palavra nos diz que ali naquele poço havia uma multidão de enfermos e esse

homem não era o único, mas o quê chamou a atenção de Jesus é que havia 38 anos  quê esse

homem estava infermo e talvez esse homem já havia até se acomodado achando que para o

 seu caso já não havia mais solução.
  
 Era um homem que por causa da sua impossibilidade, talvez fosse amargurado e que

acabava afastando as pessoas de perto dele. Eu digo isso porque em Marcos 2 a Bíblia nos

conta a história de um outro paralítico que foi levado até Jesus por seus amigos pelo teto.

E esse homem estava sozinho, não tinha nenhum amigo para  leva-lo até o poço. Imagine    

você, que esse homem estava tão perto do seu milagre. Ele estava perto do poço mais não 

podia mergulhar naquelas águas e quandoJesus pergunta ele:"Queres ser curado?",ao invés de responder  sim eu quero ser curado, ele começa a sentir dó de si mesmo e começa a falar para Jesus das dificuldades que ele tinha pra chegar até no poço.
   
      Irmãos, muitas vezes nós agimos como esse homem. Jesus está nos perguntando: Você está disposto a ser restaurado?
   
        E nós, achando que é muito difícil de haver solução para o nosso caso, começamos a olhar para os obstáculos e acabamos deixando de olhar para a solução.

   O que Jesus queria com essa pergunta, era despertar novas esperanças naquele homem.

Irmãos o que Deus quer de mim e de você é que nós mergulhemos nas águas do Espírito, pois

são estas águas que vão nos purificar, que irão nos fazer fortes na hora da adversidade. A Bíblia nos conta que depois de receber a cura; quando perguntaram aquele homem quem o
havia curado, ele não sabia.
  
O que Deus quer de mim e de você, é que nós O conheçamos, Ele não quer fazer somente

o milagre na sua vida ele quer que você, viva experiências novas com Ele, que você tenha

intimidade com Ele, que você seja cheio do Seu Espírito, para que através da sua vida outras

pessoas possam conhecer a Jesus. Imagine você quantas pessoas nesse exato momento

estão vivendo ou passando pelas mesmas dificuldades que você? Elas estão como esse

paralítico, não tem quem as leve até o poço, e o que Deus quer de você essa noite, é que você

através do seu milagre,  possa ser quem vai ajudar essas pessoas chegarem até o poço

que é Jesus. Talvez você deve estar se perguntando: Mas como eu vou ser esta pessoa?  

Eu quero te dizer que Deus quer fazer o milagre na sua vida para que você possa testemunhar a outras pessoas que Jesus  curou, transformou e que existe solução para a
vida delas. O que eu quero dizer para os irmãos é que...
Olhem para esse comprimido (ilustração visual),a água está aqui, mas ele aqui do lado de fora não vai dar para trazer o alívio que você precisa! Assim éramos nós, quando não conhecíamos  a Jesus. Talves você não esteja assim; talvez você está como esse aqui... está dentro da igreja conhece a Jesus, mas não viveu nenhuma experiência com Ele, pois está revestido do seu "eu", "do seu modo de pensar" e não tem experimentado as maravilhas de Deus na sua vida.
Mas o que Deus quer de você, é que você seja como esse comprimido, que você mergulhe nas águas do Espírito de Deus ao ponto de não poder mais se separar. Você vai ficar tão cheio de Deus que vai ser impossível ficar parado. E aí você vai levar a cura através da sua vida para as outras pessoas . Você levará o alívio que elas precisam.
Eu te convido nessa noite a mergulhar nas águas do Espírito e viver novas experiências com Jesus.
Eu vou colocar um louvor e quero que você aí onde você está comece a orar e peça a Deus que faça um milagre na sua vida e que você possa viver experiências novas com o Senhor, para que sua vida seja completamente transformada por Ele.
    Não se preocupe com o irmão que está ao seu lado, esse é seu momento de intimidade com Deus.
   Não olhe para suas dificuldades  não permita que elas te impeçam de mergulhar nas águas de Deus e não saia daqui nessa noite sem receber aquilo que você veio buscar no senhor.
   Eu não sei o que é, mas o que importa é que você fale para Jesus e  ele vai transformar   a sua  vida nessa noite !


 Amém.
Regiane Giribola.
Diaconisa - IBA.
Missão Ágape Rio Marinho.

Você é do tamanho do seu sonho.




Você é do tamanho do seu sonho

"Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele".

Pv. 23: 7ª

O homem é o ser perfeito da criação.



A capacidade de raciocínio, de decisão, faz do homem o ser perfeito em relação ás demais criaturas existentes. Deus fez o homem tão perfeito, que o próprio homem encontra dificuldades para enteder sua perfeição. Parace um paradoxo! O homem perfeito não compreender sua perfeição, mas isso não é por acaso, aliás nada é por acaso, tudo tem uma razão para ser ou existir.

O homem é um ser livre; o que o aprisiona não é o que vem de fora para dentro, mas sim, o que vem de dentro para fora. Lembremos do povo Hebreu quando Deus os livrou das mãos de Faraó. Eles sairam do Egito, mas o Egito não havia saído de dentro deles, portanto foi preciso um grandioso processo pedagógico para mudar a forma de sonhar desse povo. O precesso de Deus leva tempo.

A liberdade de um homem esta no fato dele ter a consciência de que é livre. Sem esta consciência ele se torna um alvo fácil dos maus intencionados.
Todos temos condições de ter nossos sonhos realizados.

O sonho é materia prima na construção do futuro.

Onde estão os seus sonhos? 

Na gaveta da incapacidade, na gaveta da frustração, na gaveta do medo de tentar! Onde esta?

Por que parou de sonhar?

Por se achar incapaz ou por que os outros acham que você não é capaz? As circunstâncias o machucaram?

O que o esta impedindo de sonhar?

Apoio? Dinheiro? Confiança? Amigos?

Em Nm 14 vemos o quanto custou a mudança de mente (metanóia - metania) dos Hebreus. Não havia n’eles nada que os prejetasse ao futuro, nem uma prioridade, nem um foco, nenhum sonho... Eles estavam livres da servidão, mas não estavam livres em suas mentes.

Dentre o povo havia dois homens que sonhavam, que acraditavam que podiam, que conseguiriam, mesmo diante dos gigantes que encontraram. Josué e Calebe. Os outros dez espias ninguém sabe os nomes, mas Josué Calebe todos conhecemos.

Nós seremos lembrados pelo que acreditamos, pelo que somos capazes de sonhar. Os que não sonham jamais serão lembrados. Sonhe, sonhe...

O sonho não envelhece. Js 14: 1 a 11.

O sonho de Calebe ultrapassou décadas até se materialisar. Sonhos tem um tempo de gestação, de maturação até que venha a dar a luz.

O que importa para um sonhador não o seu momento inicial, e sim o final. Se ele começar mal, caminhar mal, mas se acreditar, conseguirá. Ele não se limita ás circunstâncias á sua volta; não se prende ao tempo ou ao espaço, não se importa com os maldizentes e faldores; ele segue em direção ao seu sonho. Foi exatamente isso que Calebe fez, foi isso que Josué fez, foi isso que o Senhor Jesus fez...

Não existe um medidor de sonhos, um “sonhometro”, para que um sonho possa ser avalido por sua importância ou tamanho, mas uma coisa é certa, todo sonho tem o seu preço e o seu tempo de concretização.

Comece por abrir as “gavetas” onde estão os seus sonhos. Sopre a poeira que se acumuou com o passar dos dias e volte a sonhar, volte a acreditar que você não esta só; se você chegou onde chegou é porque você é especial. Alguém sonhou com você, por isso você existe.

Os sonhos materiais  são legítimos diande Deus, Ele quer o melhor para os seus, mas eles não devem ocupar ou consumir todas as suas forças. Existe algo acima das “estrelas” para nós.

Quem sabe você tem sonhado a dispeito de coisas para a realização pessoal e tem esquecido, por exemplo, de orar.

A oração tem de ser uma absessão para nós os filhos, esquecer de orar é mesmo que caminhar sozinho por um desero escuro e tempestuoso. 

Nem sempre estaremos bem, ou sonhando e sorrindo o tempo todo. Nosso homem exterior pode até enganar pessoas a nossa volta, mas nosso homem interior saberá medir a dimenssão do nosso estado emocional. O prefeta Elias passou por momentos de depressão profunda a ponto de pedir a Deus o resgate de sua alma aos céus. I Reis 19.

Deus entrou em ação  perguntando a Elias: “O que fazes aqui?” Todos nós temos nossos momentos de “caverna” na vida, sucumbir a eles porém, só revelará a nossa imcapcidade de sonhar.

A nossa capacidade de sonhar nos tornará homens e mulheres estratégicos nas mãos de Deus. Ele não mexe na persona do homem, mas sim no caráter. Quando o homem tem uma personalidade indomável, guerreira, de ânimo dobre, mesmo que seu caráter seja ruim, Ele trata e usa. Assim aconteu com Paulo e Pedro.

Deus tem planos a nosso respeito. Ele quer nos elevar, nos promover, nos dar o melhor. 

Acreite, o primeiro passo tem der ser nosso. Ao comessar a caminhar em direção ao sonho de Deus, Ele começará a caminhar em direção ao nosso.

Pr. Marcos Couto.

Relacionamentos

Tira a minha alma da prisão, para que louve o teu nome; os justos me rodearão, pois me fizeste bem”.


Sl. 142: 7

A gratidão é a memória da alma.

Sou grato ao Senhor por ter me acolhido como seu filho, mesmo depois de tudo que fiz, Ele me recebeu de braços abertos.

Eu estou desejoso de ver o mover de Deus em minha vida todos os dias. Estou motivado pelo Espírito de Deus a continuar buscando dia a dia por Sua presença para a minha vida seja transformada de fé em fé. O diabo, eu sei, esta cada vez investindo sobre nós com suas táticas sujas e desonestas no intuito de nos desmotivar, nos esfriar; mas ele está vencido e aniquilado pelo poder que há no nome de Jesus.

"Se envelhecer na terra a sua raiz, e o seu tronco morrer no pó,

Ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como uma planta".

Jó 14: 8/9.

A estrutura emocional do ser humano é um misto de emoções. São elas que formam as colunas do nosso carater. Quanto mais cedo essas estruturas forem alicerssadas sobre fundamentos e princípios de bem, mais preparada será o homem/mulher para suportar as pressões da vida. Essa estrutura uma vez firmada dificilmente será possível mudá-la, exceto por uma intervenção e decisão do próprio querer do homem, do próprio homem.

Desde o ventre já registramos algum tipo de emoção. Um feto que é desejado, que recebe palavra de carinho e afeto, que é amado, terá com certeza mais condições de liderar, de assumimir maiores responsabilidades, sempre será pronto a amar e tardio em irár-se. Isso é possível graça á memória.

A memória tem um poder de captação muito impressionante. Todo o nosso corpo é composto de pontos de captação.

O que ouvimos guardamos, o cheiro que sentimos guardamos, um toque na pele guardamos, um olhar guardamos, em fim, todo nosso corpo é previamente preparado para formatar e arquivar todas as informações possíveis para a construção do ser. Quanto maior for emoção em decorencia da situação vivida, maior será o espaço e mais forte o registro da informação.

Por exemplo:

Por que não esquecemos o primeiro beijo? O primerio amor? As perdas (luto)? Por que são emoções tão fortes que em alguns casos se tornam em *traumas ou fobias.

Somos como um grande edifício. Se nossas estruturas forem bem consolidadas, maior será o peso que suportaremos. Não estou me referindo de “pesos” como sendo algo ruim que tenhamos que suportar, mas das condições emocionais que teremos a capacidade de administrar diante de qualquer situação.

É muito comum para quem vive em ambientes onde se convive a maior parte do tempo com muitas pessoas, haverem conflitos. Sempre haverá aqueles que se ofendem com mais facilidades que outros; há porém aqueles que não se importam com que os outros falam.

Buscar um equilibrio na vida emocional/sentimental é algo que depende da força de vontade de cada um. Querer estar sempre bem e buscar harmonia em ambientes onde exitem pessoas com vários tipos de educação, dependerá de muito talento. O Apóstolo Paulo sempre buscou usar esta dinâmica, veja o que ele diz em Rm 12:18: “Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens."

Quem deseja colher paz, tem de planta-la ao longo de sua vida. Por onde quer que passar, por onde quer que for, plante a paz.

Manter comunhão o tempo todo dentro do corpo de Cristo mais do que uma obrigação é uma necessidade dos irmãos. A igreja no que tange a corpo de Cristo é perfeita. Sua unidade é falha por que o homem que a compõe é falho. Mas isso não nos impede de querer buscar a perfeita unidade em Cristo, foi, também com esse objetivo que Ele se entregou na cruz.

A igreja é um milagre. Só Cristo mesmo para unir pessoas de pensamentos diferentes, com educação diferente, personalidades diferente sob um mesmo “teto” sem que lhes fossem cobrado algo em troca. Deus tem planos de amor para sua Igreja por amor a Cristo.

A comunhão gera unidade. A unidade gera qualidade; a qualidade gera quantidade.

Esse é um processo progressivo.

Problemas comuns capazes de minar a unidade da Igreja.

a) – Falta de compreenção das necessidades do outro. João 17: 22

Todos nós temos nossas necessidades. Uns mais outros menos, mas todos temos. Não difícil de encontrar no seio da Igreja pessoas com necessidades de carinho, afeto, um abraço mais forte, em fim, essa necessidades uma vez curada todas as otras coisas relacionadas á unidade começam a funcionar em um ritmo harmônico. A compreenção da necessidade do outro é como uma graxa nova sobre uma engrenagem enferrujada, lubrifica e tráz um novo movimento.

b) - Fofoca. Efésios 5: 19

Tiago irmão do Senhor Jesus diz que a língua poder destrutivo de proporções cósmicas. [Cap 3 ] Ela é causa de muitas mortes espirituais e a falência da unidade. Não precisamos falar tudo o que pensamos, mas precisamos pensar n’aquilo que vamos falar. É sábio e inteligente pensar para falar. Paulo nos ensina um príncipio para o bom andamento da uniade com qualidade em Éfesios 5: 19. Que tal praticá-los?



A cura para os ralacionamentos esta na aceitação da debilidade do outro.

Não somos perfeitos, isso todos sabemos; esse reconhecimento jamais nos colocará na posição de Juiz para julgar a condição do outro e sim a nossa própria condição. Quando amadurecemos no Senhor e colocamos esse princípio em pratica a realização do sonho de Deus esta em operação, garantindo o cumprimento daquilo que o Senhor planejou para o seu povo.



É plenamente possível viver a unidade segundo João 17, caso contrário não estaria escrito. O que esta faltando então? Esta faltando uma pré-disposição em cumprir o “amai-vos uns aos outros como eu vos amei” conforme nos ensinou o Senhor.

"Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis".

João 13: 34.

Vencendo as tempestades da vida.

"E sentiram um grande temor, e diziam uns aos outros: Mas quem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?"

Marcos 4: 41

As tempestades vêm e vão.

Em toda a nossa existência enfrentamos tempestades. Não enfrentá-las ou não aceitá-las seria o mesmo que negar um ensinamento de nossos pais. Elas existem para nos ensinar e nunca para nos trazer sofrimento. Tudo dependerá de como analisamos a forma como sairemos dela. Ter o olhar fixo no resultado final é uma boa maneira de vencer as tempestades, mas não é a principal.

Nossa natureza tende a culpar alguém, ou alguma situação pelo o que estamos passando. Para alguns, o dedo fica sempre apontado em riste em direção a Deus como o maior culpado, tal qual fez Adão no início.

Os tempos de tempestades são tempos de promoção.

"Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação". Tiago 1:17 .

Aquilo que nós não entendemos, dificilmente nos beneficiará. Deus sempre nos dará doses homeopáticas para que morramos de overdose. " Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar". 1 Coríntios 10:13. Sempre fazemos em nossa mente a conexão sobre este texto com coisas ruins, mas estamos enganados, pois acreditamos apenas em situações difíceis; mas coisas boas também. Nem todo mundo esta pronto para receber coisas boas, a essas boas, se não estivermos prontos para receber também serão ruis.

Não podemos nos esquecer amados, que Deus não usa o diabo para nada. Ele não tem serventia alguma. Deus não usa aquilo que não presta, que não tem valor. Já ouvi por muitas vezes de muitos irmãos que estão sendo retalhados pelo diabo, ou que estão sofrendo perseguição, por que Deus permitiu que o diabo os provasem. Queridos não pensem assim por favor! Deus jamais usará o diabo para fins educativos ou pedagógicos. Pensar assim seria o mesmo que pedir a um marginal que desse uma surra em seu filho com fins educativos ou displinares. Isso é insano! Não há a menor possibilidade de Deus usar o diabo para nos disciplinar. Se estamos passando por uma tempestade é por que nós mesmo abrimos algum prescedente, e quando este prescedente é aberto, então Deus começa a agir com Sua fidelidade, cuidado e amor, pois Ele sim corrige ao filho a quem ama e açoita a todo filho que recebe. Hb 12: 6.

É muito fácil culpar ao diabo pelas nossas falhas e falta de vergonha na cara pelas atitudes erradas que tomamos. “Não veio sobre vós tentação, senão humana...”

Nós somos (seres humanos), somos a coroa da criação de Deus. O maior desejo do diabo e ser igual a nós, mas ele não pode. Em Is 14: 13 nos dá uma idéia sobre quem somos no preojeto de Deus. Lucifer, ainda como Querubim ungido, não desejou ser igual a Deus o Deus todo poderoso, ele quis ser igual a Deus em sua escência como nós temos e somos. Lucifer sabia que ser igual ao Deus poderoso, criador seria impossivél, ele desejava ser igual ao homem a quem Deus cuidadosamente planejou e desejou. Esse amor de Deus pelo homem causou uma ruptura eterna na comunhão entre Lucifer e Deus. Então o Senhor o baniu do céus e o lançou exatemente do habitat que estava sendo preparado para a mais bela e perfeita obra de toda criação, o homem. E como castigo por todas os séculos da existência do homem, Lucifer, agora diabo, teria de encarar todos os dias da sua vida avpresença do homem a quem ele tanto odiava e tentava ser igual. Ez 28: 1 a 19. O texto é claro sobre isso. “Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti; em grande espanto te tornaste, e nunca mais subsistirá”. [v.19]. Na verdade meus amados, não somos nós quem devemos temer ao diabo; é ele deve se preocupar conosco!

Deus tem um projeto glorioso para todos aqueles que o receberam como Senhor e Salvador, que tornar-nos semelhantes a Jesus. Quando andamos, respiramos e vivemos essa verdade, o diabo amarela diante de nós.

Não tempestade que não consigamos vencer. Em Jesus, temos plena condição de fazer parar qualquer tipo de dificuldade que venha se abater sobre nós. Basta sabermos de sua origem. Se vier do trono é benção; se vier por brecha aeberta pela minha falha espeiritual, pelo meu confessar, terei autoriade tal qual Jesus teve sobre o vento e o mar.

No reino de Deus não há erros. Deus trabalha com margem de erro "0" (zero). Por isso posso afirmar com toda convicção que nenhuma de nossas aflições ocorrem por engano. Mesmo que as tempestades que enfrentamos seja resultado de nossas escolhas erradas, ainda assim o favor de Deus entrará em ação e transformará aquilo que seria danoso para nossas vidas, como resposta ás nossas ações, em ensinos para o nosso crescimento. Que tremendo!                                                       

Deus tem sempre o melhor para nós. “E a paciência a experiência, e a experiência a esperança.” Rm 5: 4

Seja qual for a experiência que você estiver passando, ela te promoverá a lugares mais altos.



No amor do Senhor.



Pr. Marcos Couto.

Deus pode mudar o quadro.


Deus pode mudar o quadro.


Texto:

"E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são?".

João 5:6


O pecado é a total independência de Deus.


A natureza humana esta cada vez mais manifesta. Ela é caída e como resultado, seus frutos estão sendo mainifestos. Cada ação do homem “natural” tem como consequência o pecado, ainda que esta ação esteja carregada de boas intenções, ela conceberá ao longo do tempo algum fruto indesejado aos olhos de Deus. A natureza humana é má. Jesus disse: "Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons". [Mt 7:18]. Se a natureza humana é má, logo seus frutos são maus. Não pense que estou sendo radical demais, pois não estou! Ao falar sobre esse assunto precisamos entender um pouco sobre as duas naturezas; a humana e a Espiritual. Se eu basear meu argumento somente sobre a natureza humana, serei infeliz, colherei muitos frutos de inimizade e as idéias colocadas serão de pronto reprovadas por todos os que vierem a lê-las.

 A natureza humana.

A natureza humana é a natureza caida, Adâmica. "Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram". [Rm 5:12]. Esta natureza perversa, corrompida esta totalmente separada de Deus. [Rm 3:23]. Esta separação se deu momento em que o homem começou, preste a atenção nisso, começou a se sentir independênte de Deus. O apóstolo Paulo em sua carta aos irmãos da Igreja em Roma fala sobre isso de um forma brilhante. Leia! O pecado gera no homem a independência de Deus, e essa independência aflora os institos mais animalescos e primitivos da natureza humana. Por isso o homem natural não pode discernir sobre coisas espirituais e nem tão pouco produzir frutos bons. "Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente". [I Cor 2:14].



 A natureza Espiritual.

 
A natureza Espiritual tem sua fonte em Jesus Cristo. "Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida". [Rm 5:18]. "Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem". [I Cor 15:21]. Essa nova natureza não é congênita, ela acontece no extado momento em que o homem reconhece o senhorio de Jesus sobre o pecado que reina em sua vida. Pois o que escravisa o homem não é o diabo e sim o pecado; o diabo é só um aproveitador dessa debilidade do homem. Acompanhe o texto.

"Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.

Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?

Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.

O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito”. [João 3:3 a 6].

No momento que o homem reconhece o senhorio de Jesus, a naturaza humana passa por um processo de metamorfose; a velha natureza nunca deixará de existir, ela apenas terá ser domada por uma ação conjunta do homem natural sujeito ao Espírito que recebeu da cruz para que as velhas da carne não mais sejam manifestas. O novo homem é fruto do sacrifício vicário de Cristo, é n’Ele que nascemos de novo e recebemos o Espírito que O vivificou dos mortes e nos deu vida, nova vida em Cristo.

Aquele homem que estava a trinta e oito anos esperando por uma oportunidade de mudança em sua vida, esperava que alguém o ajudasse a levá-lo, ou conduzí-lo até a fonte de onde aconteceria o milagre. Com certeza aquele homem tinha muita fé, pois se assim não fosse os olhos de Jesus não teriam se voltados para ele. Ele tinha fé, mas estava limitado por uma força externa que o limitava, mas ele tinha fé que as circunstância de sua vida poriam mudar se ele conseguisse chegar tempo ao tanque de Betesda (casa de misericórdia).

Uma coisa é certa amados, quando Jesus entra em nossas vidas, o quadro muda, isso é fato!

O paralítico não era apenas um paralítico fisicamente, ele era um paralítico espiritual. Sua crença ser curado pelo ovimento das águas, o aprisionou naquele lugar por um longo tempo. Ele estava tão limitado ás circunstâncias que o cercava, que mesmo estando na presença de Jesus que lhe faz a seguinte pergunta: “Queres ficar são?”. Ele poderia dizer de pronto: “Senhor podes me curar!”, mas não isso que resposndeu, veja o texto; sua esperança estava na possibilidade de entrar no poço ajudado por alguém enquanto as águas se moviam. Jesus ficou indignado com a prisão emocional em que aquele homem estava, mas mesmo assim, Jesus procura demonstrar não somente áquele homem mas para todos aqueles que estavam ali aguardando o mover das águas de Betesda (casa de misericória) sem entender que a própria Misericórdia era quem queria se manifestar na vida dele n’aquele momento.

As vezes agimos da mesma maneira com o Senhor, temos um problema e buscamos nas fontes erradas a resolução que esta bem diante de nós. Jesus! [Sl 87:7].

Jesus quer nos ensinar a depender dele todo o tempo, a respeito de tudo, a momento. Ele quer mudar o quadro das nossas vidas, Ele transformar a maldição em benção, Ele quer transformar a derrota em vitória; o problema é que estamos esperando a benção na fonte errada.

A fé é o instrumento de Deus para a realização de seus propósitos em nós. "Sem fé é impossível agradar a Deus". [Hb 11:6].

→Deus pode mudar o quadro da sua vida.

 Deus pode transformar a pobreza em riqueza. [Pr 22:4].

 Deus pode mudar a doença para cura. [Lc 7:21].

 Deus pode mudar a tristeza para alegria. [Jr 31:13].

 Deus pode mudar a sorte... [Pr 16:33].

 Para Deus tudo é possível. [Lc 1:37].

Ao descobrir que aquele que o curara era Jesus, aquele homem passou a ser uma testemunha viva do poder e da autoridade de Jesus.

Aquilo eram trinta e oito anos de inércia, mudou para momentos de alegria e regozijo; oque era trinta e oto anos de maldição, passou para uam vida benção; aquilo que era uma vida sem vida passou ser uma vida rendida aos pés de Jesus.

Você deseja ter o quadro da sua vida mudada neste dia, então busque a fonte certa!

A total depedência de Deus elimina de sua vida o pecado.

Dependa somente do Senhor.

Tenha n’Ele a razão do seu viver.

Tenha n’Ele a fonte de suas resposta.

 
Pr. Marcos Couto.

Cuidando da semente

Cuidando da semente.

Também edificou torres no deserto, e cavou muitos poços, porque tinha muito gado, tanto nos vales como nas campinas; tinha lavradores, e vinhateiros, nos montes e nos campos férteis; porque era amigo da agricultura”.

II Cr 26: 10

Muitos textos bíblicos falam sobre a terra e o cuidado que o lavrador tem com ela. Até mesmo o próprio Deus tem todo um cuidado especial com a terra. [Lv 25: 13 – 27: 21- Nm 36: 4]. Esta exposição é evidente devido ao fato de n’aquela época o cultivo da terra ser a maior das fontes de renda. Muitos dos homens de Deus eram homens do campo, homens da terra. Eles sabiam como cuidar da terra; conheciam as estações certas para o cultivo de cada tipo de plantação. É por essa e outras situações que o Senhor Deus sempre em suas promessas menciona a chuva serôdia e a temporã [Tg 5: 7 – Joel 2: 23 – Dt 11: 14 – Zc 10: 1].Elas são em primeira instância como bençãos extras sobre aqueles que estão debaixo da promessa. Deus, em sua infinita sabedoria, dividiu o tempo em estações para que o homem pudesse se programar com suas plantações. A chuva descia do céu no tempo certo. Isso é tão verdade que até tempos atrás cada estação tinha o tipo certo de semente a ser plantada devido ao tempo das “chuvas”.

Todo homem do campo sabe que toda semente passa por um processo até que chegue ao tempo de dar o seu fruto. Esses estágios são necessários para que o fruto seja sadio e capaz de reproduzir. [Tg 5: 7].

Nossa mensagem de hoje tem por objetivo mostrar que a “demora” do fruto não pode ser adiantada ou atrasada simplesmente por que “eu” quero ver o resultado o mais rápido possível. O tempo não é determidado por nós, mas ele foi designado pelo próprio Deus com um propósito específico e nem eu nem você poderemos mudar isso.

Notemos pois os estágios da semente e comparemos com nossas vidas. Seremos surpreendidos por Deus ao vermos ás semelhanças e o quanto podemos aprender com esse processo criado pelo PRÓPRIO Deus.

Oque uma semente precisa para dar frutos?

1. Ela precisa morrer. João 12: 24

Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto”.

Toda semente precisa morrer para que dê frutos. Se for plantada verde irá morrer, se for plantada fora de época poderá não colheita desejada.

Uma semente fora comum produzirá uma colheita fora do comum”.

2. Ela precisa de uma terra que dê condições favoráveis para o seu crescimento. João 5:39.

Examinai pois as escrituras, pois vós cuidais ter nelas a vida eterna”.

A boa terra mencionada na palavra é o coração (alma) do homem. Lugar onde estão armazenadas todas as mais profundas mazelas, traumas, lembranças boas. Esta “terra” tem de ser preparada aos poucos (evangelismo pessoal), para quando a semente (palavra de Deus) for lançada, ela seja bem recebida. Você tem preparado a terra para que seja lançado a semente?

O conhecimento da Palavra de Deus, através da leitura diária, E.B.D, estudos, lhe darão condições de ser um agricultor/pregador e um preparador de terras para receberem a semente. Examine, ou seja, busque com diligência, com esmero, de maneira minuciosa oque Deus quer te dizer a dispeito daqueilo que esta por detrás das letras que você esta lendo. Busque n’Ele a revelação para sua vida.

3. Precisa ser regada e cuidada. I Cor 3: 6

Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento”.

Regar quer dizer cuidar, dar carinho, zelar, alimentar, proporcionar segurança. A semente ao brotar precisa de todos cuidados de um recem nascido, não diferente, ela precisará das doses certas para possa ter um crescimento homogêneo, crescendo tanto para cima e lados quanto para baixo, fincando suas raizes cada vez mais fundo para que consiga suportar os ventos contrários durante seu maturamento.

4. A poda. Hb 12: 11 – II Tm 3: 16

E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela”.

Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça”.

É da natureza do ser humano não aceitar a correção, entretanto a correção faz parte do tratamento de carater. Ninguém terá um bom carater se nele não inserido valores que sã porcedentes da correção (poda). Sem correção a criança não destinguirá o certo do errado, o santo do profano, a vida com Deus e a vida secular. A poda é excêncial para a boa qualidade dos frutos.

Todas essas condições são necessárias para que uma semente crescça e de frutos de forma a que todas sejam alimentados. O rei Uzias estava seguindo o caminho enquanto estava se permitindo ser cuidado pelo Senhor, até que chegou o momento da poda. Ele começou a enriquecer, conquistou poder e fama e isto lhe subiiu a cabeça ao ponto de se achar suficientemente capaz de entrar onde só era permitidos aos sacerdotes.



A poda foi tão singular que, imediatamente a repreenção por parte dos sacerdotes foi recebida nos céus, e a reação de Deus foi imediata. O rei Uzias foi tomado de lepra imediatamente e assim morreu. (II Cr 26: 21).

Podemor tirar proveito para o nosso crescimento diante do que lemos a respeito do Rei Uzias. Se ele continuasse a andar na presença do senhor com antes, ao ser podado, a história teria sido outra. Ele inha uma escolha, e escolheu a pior parte. Não aceitou a correção do Senhor.



Cuide d’aquilo que o Senhor te deu. Aporveite as oportunidades que chegam ás suas mãos e faça conforme as tuas forças. A semente esta em suas mãos; faça com que elas produza a 100 por 1, 60 por 1, 30 por 1. A matemática de Deus tem proporções cosmicas. Depois das bençãos que já nos dadas por promessas, temos as temporãs e as serôdias.

Não importa o grau de dificuldade que você esteja passando. Pode ser que muitos estejam querendo roubar a sua semente, estajam dizendo que ela não irá crescer, que não dará frutos, que ela não será capaz de produzir; seus “inimigos’ desejam sua falência, não desista! Deus tem vitória, Deus tem frutos para você. Seu destino é vencer! E sse é o maior temor do inferno; a sua vitória sobre si mesmo.

Lembre-se, não faça como o Rei Uzias que não cuidou d’aquilo que o Senhor lhe confiou.

Cuide da semente que Deus cuidará de você.

 

Pr. Marcos Couto.