Santificação!


Tema.
Santificação


Textos base.

I Pedro 1: 15 e 16

"Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver."
"Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo."

A igreja do Senhor na terra esta passando por um momento crucial. É um momento de transição. A Igreja esta perdendo sua identidade. Estamos (como Igreja – Como um todo), caminhando em direção a apostasia. Esta é sem dúvida a conseqüência mais grave dentro de um histórico de vitórias e mártires do passado.

A igreja que antes buscava viver um evangelho genuíno, segundo os princípios de Jesus, hoje esta mais preocupa com quantidade do que qualidade. Estou me referindo a Igreja orgânica, institucional.

Os pastores não estão preocupados em fazer discípulos semelhantes a Jesus, mas sim semelhantes a si mesmos. A exemplo disso posso citar que, á tempos atrás uma determinada igreja obrigava aos seus “pastores” a falarem e gesticularem tal qual o seu líder, afirmando ser esta a maneira encontrada para que o povo não perdesse o foco.

A Bíblia já nos adverte acerca desse “pastores”. Em Ezequiel 34: 2, o próprio Deus não os terá por inocente, todo e qualquer pastor que não zelar pelo rebanho.

Dentro do corpo de Cristo somos todos vistos pela mesma ótica de Deus. Ninguém é diferente de ninguém no que diz respeito ao preço que foi pago por cada um, todos somos iguais, todos fomos lavados e remidos pelo sangue de Jesus Cristo o seu filho.

Há uma diferença que existe, e ela é evidente e merece consideração. Precisamos compreender acerca delas. Disso depende a nossa vida espiritual.

Saber a diferença entre SANTIFICAÇÃO e ser SANTO.

O que é ser SANTO?

  •  Ser SANTO é ser separado. Do grego KORBAN. Separado para um fim.
Dentro do corpo de Cristo ninguém é mais SANTO que ninguém. Essa é a primeira verdade que tem de ser esclarecida. O pastor não é mais santo que a ovelha e vice-versa. Não há esta discrepância. Somos Santos por que fazemos parte do corpo de Cristo. Se Cristo que é cabeça é totalmente SANTO, logo todo o corpo terá de ser. Pois a santidade do Senhor não compactua com o pecado.

Somos SANTOS por que fomos tornados SANTOS pelo próprio Deus em Jesus; não por vontade humana. Já a santificação é outra história.
Ser SANTO não é uma opção, é uma ordem, um decreto. No corpo de Cristo não há pessoas não Santas; todos são SANTOS.
"Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo."
I Pedro 1: 16.

O que é SANTIFICAÇÃO?

  •  A santificação não depende de Deus. Ela tem de ser uma constância na vida do cristão. A busca pela santificação deverá partir do salvo em Cristo. Em Hebreus 12: 14, escrito esta: “Segui a paz com todos e a santificação sem a qual ninguém verá o Senhor”. A santificação é parte incondicional na vida do cristão. O próprio Senhor Jesus nos dá o exemplo a respeito da santificação em João 17: 19, vivendo-a. “E por eles me santifico a mim mesmo”.
Você pode até perguntar-se: Como alguém como Jesus precisava viver uma vida de santificação se ele era santo?

Vamos esclarecer de uma forma muito simples para que o entendimento alcance o seu objetivo que é trazer conhecimento.

A santificação é promovida na alma, enquanto a santidade é no espírito.
- Imagine que o homem é uma lâmpada de 100 whats que esta em um bocal no teto de uma casa que esta sendo pintada. Durante a pintura (vida) muitos respingos de tinta sujaram a lâmpada a ponto de ofuscar a luz que ela produzia. O dono da casa sabendo do potencial da lâmpada (eu e você) tomou uma escada (cruz), subiu até ela (sacrificou-se), e a tirou para uma limpeza (do pecado).

A santificação é o ato de nos limpar (nosso caráter) pela palavra de Deus. “Vós estais limpos pela palavra que vos tenho falado” – João 15: 3.

Quando somos limpos (mudança de vida, de caráter) pela palavra de Deus, é como estar sendo limpando dos respingos de tinta que estão na lâmpada, e a luz que nela existe brilhará cada vez mais. “Mas a luz do justo é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito” - Provérbios 4: 18.
A santificação nos torna a cada dia pessoas melhores nos levando a ter um caráter semelhante ao de Cristo.
Ao receber Jesus como Senhor e salvador, somos automaticamente santificados n”Ele. A partir de então já não nos é permitido manchar a nossa nova natureza, se isso vier a acontecer, o tal se tornará um apóstata e as portas dos céus serão fechadas para ele. Hebreus 10: 29.

A santificação é o meio pelo qual o cristão não correrá esse risco.
Veja bem o que Bíblia diz a respeita da mudança de caráter. “Aquele que furtava não furte mais, antes trabalheEfésios 4: 28.

Essas e outras situações da vida humana estão no caráter, ou seja, na alma. É na alma que estão os “respingos” que precisa ser limpo. É um processo de limpeza de fora para dentro, ao passo que a santidade é de dentro para fora.
Antes de cear, Paulo pediu aos irmãos da Igreja de Corinto. “Examine-se o homem a si mesmo, e assim como desse pão e beba desse cálice” - I Coríntios 11: 28.

Paulo esta se referindo aos respingos na alma e não no espírito.


Pr. Marco Couto.

Penulis : Sermões online ~ Sebuah blog yang menyediakan berbagai macam informasi

Artikel Santificação! ini dipublish oleh Sermões online pada hari . Semoga artikel ini dapat bermanfaat.Terimakasih atas kunjungan Anda silahkan tinggalkan komentar.sudah ada 3 komentar: di postingan Santificação!
 

Santificação!


Tema.
Santificação


Textos base.

I Pedro 1: 15 e 16

"Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver."
"Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo."

A igreja do Senhor na terra esta passando por um momento crucial. É um momento de transição. A Igreja esta perdendo sua identidade. Estamos (como Igreja – Como um todo), caminhando em direção a apostasia. Esta é sem dúvida a conseqüência mais grave dentro de um histórico de vitórias e mártires do passado.

A igreja que antes buscava viver um evangelho genuíno, segundo os princípios de Jesus, hoje esta mais preocupa com quantidade do que qualidade. Estou me referindo a Igreja orgânica, institucional.

Os pastores não estão preocupados em fazer discípulos semelhantes a Jesus, mas sim semelhantes a si mesmos. A exemplo disso posso citar que, á tempos atrás uma determinada igreja obrigava aos seus “pastores” a falarem e gesticularem tal qual o seu líder, afirmando ser esta a maneira encontrada para que o povo não perdesse o foco.

A Bíblia já nos adverte acerca desse “pastores”. Em Ezequiel 34: 2, o próprio Deus não os terá por inocente, todo e qualquer pastor que não zelar pelo rebanho.

Dentro do corpo de Cristo somos todos vistos pela mesma ótica de Deus. Ninguém é diferente de ninguém no que diz respeito ao preço que foi pago por cada um, todos somos iguais, todos fomos lavados e remidos pelo sangue de Jesus Cristo o seu filho.

Há uma diferença que existe, e ela é evidente e merece consideração. Precisamos compreender acerca delas. Disso depende a nossa vida espiritual.

Saber a diferença entre SANTIFICAÇÃO e ser SANTO.

O que é ser SANTO?

  •  Ser SANTO é ser separado. Do grego KORBAN. Separado para um fim.
Dentro do corpo de Cristo ninguém é mais SANTO que ninguém. Essa é a primeira verdade que tem de ser esclarecida. O pastor não é mais santo que a ovelha e vice-versa. Não há esta discrepância. Somos Santos por que fazemos parte do corpo de Cristo. Se Cristo que é cabeça é totalmente SANTO, logo todo o corpo terá de ser. Pois a santidade do Senhor não compactua com o pecado.

Somos SANTOS por que fomos tornados SANTOS pelo próprio Deus em Jesus; não por vontade humana. Já a santificação é outra história.
Ser SANTO não é uma opção, é uma ordem, um decreto. No corpo de Cristo não há pessoas não Santas; todos são SANTOS.
"Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo."
I Pedro 1: 16.

O que é SANTIFICAÇÃO?

  •  A santificação não depende de Deus. Ela tem de ser uma constância na vida do cristão. A busca pela santificação deverá partir do salvo em Cristo. Em Hebreus 12: 14, escrito esta: “Segui a paz com todos e a santificação sem a qual ninguém verá o Senhor”. A santificação é parte incondicional na vida do cristão. O próprio Senhor Jesus nos dá o exemplo a respeito da santificação em João 17: 19, vivendo-a. “E por eles me santifico a mim mesmo”.
Você pode até perguntar-se: Como alguém como Jesus precisava viver uma vida de santificação se ele era santo?

Vamos esclarecer de uma forma muito simples para que o entendimento alcance o seu objetivo que é trazer conhecimento.

A santificação é promovida na alma, enquanto a santidade é no espírito.
- Imagine que o homem é uma lâmpada de 100 whats que esta em um bocal no teto de uma casa que esta sendo pintada. Durante a pintura (vida) muitos respingos de tinta sujaram a lâmpada a ponto de ofuscar a luz que ela produzia. O dono da casa sabendo do potencial da lâmpada (eu e você) tomou uma escada (cruz), subiu até ela (sacrificou-se), e a tirou para uma limpeza (do pecado).

A santificação é o ato de nos limpar (nosso caráter) pela palavra de Deus. “Vós estais limpos pela palavra que vos tenho falado” – João 15: 3.

Quando somos limpos (mudança de vida, de caráter) pela palavra de Deus, é como estar sendo limpando dos respingos de tinta que estão na lâmpada, e a luz que nela existe brilhará cada vez mais. “Mas a luz do justo é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito” - Provérbios 4: 18.
A santificação nos torna a cada dia pessoas melhores nos levando a ter um caráter semelhante ao de Cristo.
Ao receber Jesus como Senhor e salvador, somos automaticamente santificados n”Ele. A partir de então já não nos é permitido manchar a nossa nova natureza, se isso vier a acontecer, o tal se tornará um apóstata e as portas dos céus serão fechadas para ele. Hebreus 10: 29.

A santificação é o meio pelo qual o cristão não correrá esse risco.
Veja bem o que Bíblia diz a respeita da mudança de caráter. “Aquele que furtava não furte mais, antes trabalheEfésios 4: 28.

Essas e outras situações da vida humana estão no caráter, ou seja, na alma. É na alma que estão os “respingos” que precisa ser limpo. É um processo de limpeza de fora para dentro, ao passo que a santidade é de dentro para fora.
Antes de cear, Paulo pediu aos irmãos da Igreja de Corinto. “Examine-se o homem a si mesmo, e assim como desse pão e beba desse cálice” - I Coríntios 11: 28.

Paulo esta se referindo aos respingos na alma e não no espírito.


Pr. Marco Couto.

3 comentários:

Guerreiros da última geracão disse...

Olá
Somos os Guerreiros da Última Geração
queremos retribuir a visita e dizer que seu blog é uma benção!!
É dificil encontrar palavras assim hoje, a santidade tem que estar em primeiro lugar a santidade em casa, na rua,escola,faculdade,trabalho , namoro, casamento, ou seja , em todo tempo ser Santo.
Muito bom o texto
Deus abençoe cada vez mais e não se esquece de passar no meu blog e compartilhar o que você acho dos meus posts.
Deus abençoe
Graça e paz

Luciano disse...

"Santificai-vos na verdade, a tua Palavra é a verdade", só não lembro onde esta esta passagem.
Ma o que nos santifica realmente é a Palavra.

Graça e Paz!

* Tenho pouco tempo hoje, e tive que fazer uma visitinha rápida.

Luciano disse...

Já estou te seguindo!