Os valentes de Davi

Os Valentes de Davi.

Texto base.
I Samuel 22: 1 e 2 - II Samuel 23: 8 a 13.

Em I Samuel 22: 1 e 2, temos uma situação inusitada. Davi, depois de sua grande conquista em favor de Israel, eliminando seu maior oponente – Golias – passa a ser perseguido por Saul e foge de sua presença. Em sua fuga passa por Nobe – onde se encontra co o sacerdote Aimeleque (Davi estava só) – I Samuel 21: 1 - para pedir comida e armas; mas havia ali homens de Saul – 21: 7 – que poderiam colocar o seu plano de fuga em risco então Davi foge mais uma vez, agora para Gate. Chegando a Gate, foi recebido pelo seu rei Aquis. Seus conselheiros ao saberem de quem se tratava, vendo-o naquela situação, fizeram poço caso d’ele. A reação de Davi foi à estranha imaginável. Com medo do rei Aquis, Davi começou a agir como um louco, babando e riscando as portas do palácio de Aquis – 21: 12.

Como todas as tentativas de Davi de encontrar abrigo com aqueles a quem ele conhecia não foram bem sucedidas, Davi vê-se sozinho e refugia-se na caverna de Adulão.
Aqui começa a ação de Deus para juntar Davi á aqueles que seriam os que fariam história em Israel para sempre.
Duas coisas são essências para que um homem se torne grande diante dos homens.

1. Ter o apoio de sua família. – I Samuel 22: 1
2. Ter com quem poder contar – I Samuel 22: 2

Ninguém que quiser ser grande o será se estiver sozinho. Um homem pode conquistar todas as batalhas de sua vida, entretanto se perder o apoio de sua família, será um fracassado, pois a maior de todas as conquista que homem pode ter é a conquista de preservar a família, pois esta é um dos maiores projetos de Deus – Provérbios 8: 22.

Um homem só poderá ganhar uma batalha, mas nunca vencerá a guerra. Em João 17: 21 - "Para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti". Deus é nosso maior aliado em nossas batalhas. Se permanecermos com Ele, Ele nos levará a vitória certa. Devemos acima de tudo preservar a UNIDADE. Pois a UNIDADE gerará QUALIDADE que gerará QUANTIDADE.
Preserve sua família, e você terá com quem contar sempre!
I Samuel 22: 2 – Diz que “juntaram a Davi quatrocentos homens

Deus sempre nos aperfeiçoará em nossos momentos de fraqueza, ou seja, Deus só se manifestará em nós e através de nós no exato momento em que reconhecermos que todas as nossas forças – intelectuais e físicas – cessarem. Enquanto o nosso “eu” existir diante de Deus, Ele não agirá. João 3: 30.
"Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes"
I Coríntios 1: 27
Davi andava com Deus, Davi conhecia a Deus. Ele conhecia as intenções de Deus para com ele e tudo o que Deus pretendia fazer em ISRAEL por seu intermédio. Apesar de seu pior momento como pessoa –tristeza – solidão – perdas – medo.

Davi, mesmo em meio a esse turbilhão de situações manteve seus olhos no alvo. Ele precisava levar adiante o plano de Deus. Sabia que sozinho faria muito pouco ou nada. A única coisa que ele tinha em mãos naquele momento eram 400 homens rejeitados pela sociedade, homens que não eram conhecidos, homens que erma a vergonha de seu povo. Mas Davi, assim como Deus não olhou o momento presente da vida d’aqueles homens, ele olhava e via um mundo de possibilidades. Passou a olhar aqueles homens com o olhar de Deus e conquistou o maior de todos os territórios – o da mente d’aqueles homens.

Ele transformou aqueles homens derrotados em verdadeiros valentes.
A revelação que tenho para este texto é que Davi é “tipo” da Igreja do Senhor, ou seja, assim como Davi estava ali, naquele lugar, naquele momento para restaurar aqueles homens, assim a Igreja do Senhor esta para restaurar a humanidade.
Vemos também que Davi, depois de trabalhar a aqueles homens e torná-los confiantes em si mesmos e em Deus, que passaram a ser como a sombra de Davi – foram trinta e sete ao todo os homens valentes que Davi preparou para serem aqueles que o ajudariam em suas conquistas.

Dentre os trinta e sete valentes de Davi, havia três deles que se destacavam.

 Josabe-Basebete / Jabesão – Apaziguador – II Samuel 23: 8
 Eleazar – Deus é auxilio - II Samuel 23: 9
 Samá - O Senhor ouviu – II Samuel 23: 11

Se Davi tipifica a Igreja de nossos dias, podemos analisar que os três valentes que temos como aqueles que nos ajudam nessa batalha são os três valentes mais que valentes, são eles:

Deus – (Josebe-Basebete) O poderoso nas batalhas.
Jesus Cristo – (Eleazar) Aquele que nos auxilia.
Espírito Santo – (Samá) Aquele que nos ouve sem nenhuma explicação.

Somos aqueles a quem o mundo tem rejeitado. Deus nos escolheu para promover o maior de todos os eventos que o universo já pode presenciar – Levar o homem ao conhecimento de Jesus.
Somos os “Davis” desses tempos atuais. Deus se propôs a ser um de nossos valentes. “Se Deus é por nós, quem será contra nós” – Romanos 8: 31.
Nesta batalha não tereis de pelejar, tomai posição, ficai parados e vedes o livramento que o Senhor vos dará, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis: amanhã saí-lhes ao encontro por que o Senhor é convosco” - II Crônicas 20: 17.
Temos a Jesus como aquele que nos ajuda. Ele prometeu estar conosco até o fim. Mateus 28: 20.
E o Espírito Santo como aquele que nos defenderá contra as investidas do inimigo. “andai em Espírito e não cumprireis as concupicências da carne” - Gálatas 5: 16.

Assim como Davi estava totalmente guardado para conquistar, assim também estamos prontos e bem guarnecidos para conquistarmos.


Pr. Marcos Couto.

Penulis : Sermões online ~ Sebuah blog yang menyediakan berbagai macam informasi

Artikel Os valentes de Davi ini dipublish oleh Sermões online pada hari . Semoga artikel ini dapat bermanfaat.Terimakasih atas kunjungan Anda silahkan tinggalkan komentar.sudah ada 2 komentar: di postingan Os valentes de Davi
 

Os valentes de Davi

Os Valentes de Davi.

Texto base.
I Samuel 22: 1 e 2 - II Samuel 23: 8 a 13.

Em I Samuel 22: 1 e 2, temos uma situação inusitada. Davi, depois de sua grande conquista em favor de Israel, eliminando seu maior oponente – Golias – passa a ser perseguido por Saul e foge de sua presença. Em sua fuga passa por Nobe – onde se encontra co o sacerdote Aimeleque (Davi estava só) – I Samuel 21: 1 - para pedir comida e armas; mas havia ali homens de Saul – 21: 7 – que poderiam colocar o seu plano de fuga em risco então Davi foge mais uma vez, agora para Gate. Chegando a Gate, foi recebido pelo seu rei Aquis. Seus conselheiros ao saberem de quem se tratava, vendo-o naquela situação, fizeram poço caso d’ele. A reação de Davi foi à estranha imaginável. Com medo do rei Aquis, Davi começou a agir como um louco, babando e riscando as portas do palácio de Aquis – 21: 12.

Como todas as tentativas de Davi de encontrar abrigo com aqueles a quem ele conhecia não foram bem sucedidas, Davi vê-se sozinho e refugia-se na caverna de Adulão.
Aqui começa a ação de Deus para juntar Davi á aqueles que seriam os que fariam história em Israel para sempre.
Duas coisas são essências para que um homem se torne grande diante dos homens.

1. Ter o apoio de sua família. – I Samuel 22: 1
2. Ter com quem poder contar – I Samuel 22: 2

Ninguém que quiser ser grande o será se estiver sozinho. Um homem pode conquistar todas as batalhas de sua vida, entretanto se perder o apoio de sua família, será um fracassado, pois a maior de todas as conquista que homem pode ter é a conquista de preservar a família, pois esta é um dos maiores projetos de Deus – Provérbios 8: 22.

Um homem só poderá ganhar uma batalha, mas nunca vencerá a guerra. Em João 17: 21 - "Para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti". Deus é nosso maior aliado em nossas batalhas. Se permanecermos com Ele, Ele nos levará a vitória certa. Devemos acima de tudo preservar a UNIDADE. Pois a UNIDADE gerará QUALIDADE que gerará QUANTIDADE.
Preserve sua família, e você terá com quem contar sempre!
I Samuel 22: 2 – Diz que “juntaram a Davi quatrocentos homens

Deus sempre nos aperfeiçoará em nossos momentos de fraqueza, ou seja, Deus só se manifestará em nós e através de nós no exato momento em que reconhecermos que todas as nossas forças – intelectuais e físicas – cessarem. Enquanto o nosso “eu” existir diante de Deus, Ele não agirá. João 3: 30.
"Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes"
I Coríntios 1: 27
Davi andava com Deus, Davi conhecia a Deus. Ele conhecia as intenções de Deus para com ele e tudo o que Deus pretendia fazer em ISRAEL por seu intermédio. Apesar de seu pior momento como pessoa –tristeza – solidão – perdas – medo.

Davi, mesmo em meio a esse turbilhão de situações manteve seus olhos no alvo. Ele precisava levar adiante o plano de Deus. Sabia que sozinho faria muito pouco ou nada. A única coisa que ele tinha em mãos naquele momento eram 400 homens rejeitados pela sociedade, homens que não eram conhecidos, homens que erma a vergonha de seu povo. Mas Davi, assim como Deus não olhou o momento presente da vida d’aqueles homens, ele olhava e via um mundo de possibilidades. Passou a olhar aqueles homens com o olhar de Deus e conquistou o maior de todos os territórios – o da mente d’aqueles homens.

Ele transformou aqueles homens derrotados em verdadeiros valentes.
A revelação que tenho para este texto é que Davi é “tipo” da Igreja do Senhor, ou seja, assim como Davi estava ali, naquele lugar, naquele momento para restaurar aqueles homens, assim a Igreja do Senhor esta para restaurar a humanidade.
Vemos também que Davi, depois de trabalhar a aqueles homens e torná-los confiantes em si mesmos e em Deus, que passaram a ser como a sombra de Davi – foram trinta e sete ao todo os homens valentes que Davi preparou para serem aqueles que o ajudariam em suas conquistas.

Dentre os trinta e sete valentes de Davi, havia três deles que se destacavam.

 Josabe-Basebete / Jabesão – Apaziguador – II Samuel 23: 8
 Eleazar – Deus é auxilio - II Samuel 23: 9
 Samá - O Senhor ouviu – II Samuel 23: 11

Se Davi tipifica a Igreja de nossos dias, podemos analisar que os três valentes que temos como aqueles que nos ajudam nessa batalha são os três valentes mais que valentes, são eles:

Deus – (Josebe-Basebete) O poderoso nas batalhas.
Jesus Cristo – (Eleazar) Aquele que nos auxilia.
Espírito Santo – (Samá) Aquele que nos ouve sem nenhuma explicação.

Somos aqueles a quem o mundo tem rejeitado. Deus nos escolheu para promover o maior de todos os eventos que o universo já pode presenciar – Levar o homem ao conhecimento de Jesus.
Somos os “Davis” desses tempos atuais. Deus se propôs a ser um de nossos valentes. “Se Deus é por nós, quem será contra nós” – Romanos 8: 31.
Nesta batalha não tereis de pelejar, tomai posição, ficai parados e vedes o livramento que o Senhor vos dará, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis: amanhã saí-lhes ao encontro por que o Senhor é convosco” - II Crônicas 20: 17.
Temos a Jesus como aquele que nos ajuda. Ele prometeu estar conosco até o fim. Mateus 28: 20.
E o Espírito Santo como aquele que nos defenderá contra as investidas do inimigo. “andai em Espírito e não cumprireis as concupicências da carne” - Gálatas 5: 16.

Assim como Davi estava totalmente guardado para conquistar, assim também estamos prontos e bem guarnecidos para conquistarmos.


Pr. Marcos Couto.

2 comentários: